Possível proibição do TikTok nos EUA: qual o impacto no marketing?

Um Presente Pra Você

A Chief Operating Officer da TikTok, Vanessa Pappas, testemunhou perante o Comitê de Segurança Interna do Senado em 2022, alegando que “funcionários não baseados nos EUA, incluindo os que estão na China, terão acesso apenas a um conjunto restrito de dados de usuários do TikTok nos EUA, como vídeos públicos e comentários disponíveis para qualquer pessoa na plataforma TikTok, para garantir a interoperabilidade global.”

Porém, independentemente do que o TikTok tenha implementado, o Partido Comunista da China exige que todas as empresas chinesas forneçam dados do usuário ao governo chinês, se solicitado.

Isso deixou o TikTok em um beco sem saída, mesmo antes do surgimento da notícia sobre uso do TikTok pela empresa-mãe chinesa ByteDance para espionar alguns jornalistas americanos. A ByteDance obteve acesso a dados pessoais e ao endereço IP de um jornalista do Financial Times por acreditar que jornalistas tivessem obtido acesso a informações confidenciais. Isso, evidentemente, é uma grave violação de privacidade.

Atualmente, o TikTok foi banido de todos os smartphones da Câmara dos Representantes, assim como dos smartphones do governo de 19 estados. O TikTok também está sob investigação do Comitê de Investimento Estrangeiro dos EUA devido aos seus vínculos com o Partido Comunista da China.

O TikTok está tentando ativamente negociar um acordo de dados com o Departamento de Justiça Americano. No entanto, considerando as últimas notícias de que sua empresa-mãe foi pega espionando jornalistas americanos, não sabemos muito a respeito das chances de concretização desse acordo.

Na verdade, podem ocorrer duas situações: uma proibição total do TikTok nos EUA ou a compra da empresa pelas autoridades americanas. Se uma proibição nos EUA entrar em vigor, é provável que ela seja seguida por proibições em outros países, que não parecem ser mais tolerantes com a espionagem do que os EUA.

Proibição do TikTok: quais são as consequências para os profissionais de marketing?

O TikTok é uma plataforma muito popular entre os profissionais de marketing. E tem um bom motivo para isso: o grande e crescente público, altamente responsivo, do TikTok, que os profissionais de marketing adoram. De acordo com o DataReportal, “os Estados Unidos têm 140,6 milhões de usuários ativos no TikTok com 18 anos ou mais”. Muitos usuários serão perdidos se o TikTok for banido, especialmente porque os profissionais de marketing investiram mais dinheiro do que nunca na plataforma em 2022.

Além disso, com um número crescente de recursos e toda uma gama de ferramentas para analisar o público, o TikTok torna mais fácil para os profissionais de marketing alcançar as pessoas certas, com o conteúdo adequado e no momento correto.

Um Presente Pra Você

Se o TikTok for completamente banido, qualquer marca que tenha colocado todos os seus ovos na cesta do TikTok passará por momentos muito desafiadores.

No entanto, antes que o pânico se instale, lembre-se de que o TikTok não é a única rede disponível. Qualquer profissional de marketing ainda tem acesso a todas as outras redes sociais, sendo que muitas delas contam com um público amplo, recursos úteis e ótimas ferramentas de análises.

O que os profissionais de marketing devem fazer agora?

Por enquanto, o ideal é aguardar. O TikTok ainda está em negociações com o Departamento de Justiça Americano. A ideia é tentar chegar a um acordo que tranquilize os EUA quanto às preocupações de segurança e permita à rede social continuar operando normalmente.

Até essa questão ser resolvida, os profissionais de marketing podem continuar com seus negócios no TikTok e aproveitar a plataforma ao máximo, enquanto seja possível.

No entanto, sugerimos que você faça um plano que possa implementar caso uma proibição do TikTok entrar em vigor nos EUA e em outros países:

  • Certifique-se de fornecer links para seu site, informações de contatos e outras redes sociais em todos os lugares que puder no TikTok. Você pode sugerir aos usuários que sigam sua empresa em outras plataformas. Assim, você não perde todos os seus seguidores se o TikTok não for mais uma opção viável.
  • Se você centralizou seus esforços de marketing no TikTok, comece a diversificar e construir seu público em diferentes plataformas desde já. Mesmo que o TikTok continue autorizado, nunca é uma boa ideia construir a sua campanha de marketing em torno de uma única plataforma, especialmente quando não é própria.
  • Faça tudo o que puder para incentivar os seguidores a se inscreverem em sua lista de e-mails. O e-mail marketing é uma prática bastante recomendada de modo geral, mas não custa insistir nessa ideia: ainda mais nas circunstâncias atuais, fortalecer a lista de e-mails é um passo estratégico.
  • Não entre em pânico! A proibição pode muito bem não acontecer, então não abandone o seu plano cuidadosamente elaborado para o TikTok. Deixe as coisas acontecerem e fique de olho na evolução da situação, usando o TikTok normalmente. Caso mais detalhes venham à tona e uma proibição se torne algo mais provável, você poderá ajustar e adaptar seu plano de marketing no TikTok para outros formatos, como Instagram Reels e YouTube Shorts.

Se você está indo bem no TikTok e gerando muito tráfego e vendas, essa notícia pode parecer o fim do mundo. Mas não há motivo para grandes preocupações, então, respire fundo e elabore um plano caso venha a precisar.

Inclusive, as outras redes sociais ainda estarão ativas, e você poderá utilizá-las para manter o contato com seu público e promover sua marca, independentemente do que acontecer com o TikTok.

Quer continuar atualizado com as melhores práticas de Marketing? Então se inscreva na The Beat, o boletim interativo da Rock Content. Lá, você encontrará todas as tendências que importam no cenário do Marketing Digital. Vejo você lá!

Please follow and like us:
Um Presente Pra Você