O que é Inteligência Artificial Generativa? Como ela impacta seu negócio?

Um Presente Pra Você

Sabe aquele papo de plataforma que responde a qualquer pergunta que você faça para ela? É a famosa Inteligência Artificial Generativa, ou IA Generativa para os mais íntimos. Um exemplo recente dessa tecnologia é o ChatGPT. Esse modelo de linguagem faz mágica ao criar conteúdos com poucos comandos. Você apenas precisa informar o que deseja saber, como se você fizesse uma pergunta para o Google.

Mas o ChatGPT não é a única ferramenta. Você tem outras plataformas, como os geradores de imagens DALL-E e Dream Studio, que estão mexendo com a cabeça da galera e vão mudar a dinâmica de trabalho de inúmeras empresas muito em breve.

Neste post, vamos conhecer mais a respeito dessa tecnologia que um dia foi sonhada por muitos. Continue a leitura!

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

O que é Inteligência Artificial Generativa?

A Inteligência Artificial Generativa é um ramo da Inteligência Artificial (IA) que visa criar novidades a partir de um conjunto de dados. Lembra aquela brincadeira de infância de criar uma música usando palavras que os colegas davam para nós? A IA Generativa tem uma lógica parecida, só que para isso usa um modelo de linguagem treinado para desenvolver textos, imagens, vídeos, códigos, planilhas entre outros elementos.

O ChatGPT, que citamos, é um exemplo interessante, já que responde a perguntas e até mesmo cria conteúdos conforme as orientações que recebe do usuário, com base na Inteligência Artificial. Também mencionamos o DALL-E, que gera imagens a partir das informações que encontra nos textos, como: “um elefante rosa com um chapéu de cowboy”.

Já o Dream Studio cria vídeos a partir de desenhos simples que você faz. Ou seja, podemos dizer que a IA Generativa é uma espécie de artista-robô que consegue produzir diversos conteúdos que usamos em nosso dia a dia.

Como funciona a Inteligência Artificial Generativa?

A IA Generativa funciona da seguinte maneira: ela usa um modelo de linguagem ou uma rede neural treinada com inúmeros dados para criar novos conteúdos a partir de entradas específicas.

Por exemplo, se você pedir para o ChatGPT fazer um texto sobre os cuidados com cachorros em casa, ele vai usar toda a informação que tem guardada para gerar um novo conteúdo. E se pedir para o DALL-E desenvolver uma imagem de um elefante rosa com um chapéu de cowboy, ele buscará todas as imagens que têm de elefantes, itens de cor rosa, chapéus de cowboy, e criará uma imagem inédita.

Sendo assim, quanto mais dados eles têm, maiores são as possibilidades de novos conteúdos. Além disso, essas plataformas são capazes de aprender e se adaptar com o tempo. Isso significa que essas ferramentas vão ficando mais precisas à medida que você as usa.

Exemplos de uso de Inteligência Artificial Generativa

Existem diferentes formas de aplicações da Inteligência Artificial Generativa em muitas áreas. Abaixo, listamos alguns exemplos:

  • criação de imagens: a IA Generativa pode ser usada para criar imagens a partir de sequência de textos, como já explicamos ao descrever a ferramenta DALL-E. Desse modo, ela pode ter empregada em várias aplicações, desde criação de arte digital até a prototipagem de objetos para a indústria;
  • geração de texto: as ferramentas baseadas nessa tecnologia também constroem textos conforme as instruções que recebem. Esse é o caso do ChatGPT, que já apresentamos. Esse tipo de recurso permite dar respostas automáticas em chatbots ou até mesmo ajudar na produção de peças de Marketing de Conteúdo;
  • produção de música: a tecnologia ainda cria músicas e composições diante de um conjunto de dados, por meio de aplicações como o AIVA e o Amper Music;
  • simulação de ambientes: também é possível simular ambientes, usando, por exemplo, o OpenAI’s GPT-3. Esse sistema gera histórias interativas com base nas informações dos usuários. É um recurso que pode ser aplicado em contextos como jogos e simulações virtuais.

O fato é que a IA Generativa tem um potencial enorme para revolucionar diversas áreas, e com certeza ainda veremos muitas aplicações inovadoras em um futuro próximo.

Um Presente Pra Você

Quais são os prós e contras da Inteligência Artificial Generativa?

A IA Generativa apresenta inúmeros benefícios, mas é preciso considerar que essa tecnologia não traz apenas vantagens — inclusive, esse recurso inovador pode ser usado para finalidades ilícitas, como a criação de fake news. Assim, confira a seguir alguns prós e contras da Inteligência Artificial Generativa!

Prós

Criatividade sem limites

Uma das principais vantagens da IA Generativa é que ela permite criar de uma forma que seria impossível para um ser humano. Isso ajuda em diversas áreas, como arte, música, design e até engenharia, em que a tecnologia pode desenvolver conceitos e ideias.

Eficiência e automação

Outro ponto positivo da IA Generativa é que auxilia na automatização de tarefas que antes eram feitas manualmente. Um exemplo é a criação de imagens ou textos, que passa a ser mais eficiente, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Personalização e interatividade

A IA Generativa também é empregada para criar conteúdo personalizado e interativo para os usuários. Essa aplicação é especialmente interessante na área da educação, em que a tecnologia oferece novas experiências de aprendizado, mais imersivas e adaptativas.

Contras

Limitações da tecnologia

Apesar de ter muitas vantagens, a IA Generativa ainda tem suas limitações. Isso porque ela depende de um conjunto de dados para criar conteúdos, o que significa que nem sempre é possível gerar algo totalmente original e criativo. Além disso, por enquanto, a tecnologia não é capaz de entender tudo de um contexto ou uma situação, o que pode levar a respostas repetidas ou erradas.

Viés e falta de transparência

Outra preocupação é a forma como a tecnologia é treinada com os dados, já que isso pode refletir preconceitos e desigualdades presentes na sociedade. Inclusive, o modo de funcionamento dos algoritmos nem sempre é claro, provocando decisões injustas ou prejudiciais.

Riscos éticos

Por fim, a Inteligência Artificial Generativa apresenta riscos éticos, especialmente em áreas como a criação de deepfakes ou a manipulação de opiniões públicas. Dessa maneira, é importante ter cuidado e regulamentar o uso dessa IA para evitar danos à sociedade.

Como vimos, a IA Generativa é uma tecnologia inovadora, que apresenta muitos benefícios e pode ser aplicada em variadas áreas, mas também apresenta restrições. No entanto, com a devida atenção e responsabilidade por parte dos desenvolvedores e usuários, é possível aproveitar as oportunidades dessa Inteligência Artificial, com potencial de revolucionar o seu negócio!

Agora que você sabe o que é Inteligência Artificial Generativa e seus impactos, confira as soluções de IA da Rock Content para negócios.

Please follow and like us:
Um Presente Pra Você