Jovens não querem comprar em lojas físicas, aponta estudo

Um Presente Pra Você
Estratégias de Conteúdo com Patrícia Moura

A Geração Z é bastante única. É a primeira geração totalmente nativa digital — algo que não acontecia nos Millennials. E agora, estão entrando no mercado de trabalho e gerando seu próprio dinheiro. Ou seja: esta geração agora tem seu próprio poder de compra. 

E quais são suas preferências? De acordo com uma pesquisa recente da Verint, para eles, tudo se resume à experiências digitais

Este público não está interessado em lojas tradicionais. Menos de 36% dos consumidores com menos de 40 anos têm o hábito de visitar lojas físicas. Já entre as pessoas com mais de 57 anos, mais de dois terços da população têm este hábito.

Para a Geração Z, a prioridade na hora de ir às compras é ter uma boa experiência online. Depois de preço, este é o fator que mais importa para eles. Isso significa expectativas mais altas que os varejistas e profissionais de Marketing precisam alcançar. 

E então, fica o questionamento: é o fim das lojas físicas? Vamos discutir isso neste artigo.

Por que a Geração Z prefere fazer compras online?

A Geração Z passa muito tempo na internet (como parte desta geração, eu assino embaixo). No entanto, isso não significa que seja fácil convencer o público mais jovem a comprar online. 

A pesquisa da Verint destaca que a Geração Z e os Millennials têm jornadas de compra complexas, com mais de 75% usando mais de um recurso digital – como sites de classificação, influenciadores e mídias sociais – para ajudar em sua decisão de compra.

Um bom exemplo desse fenômeno é como a Geração Z está usando o TikTok mais do que o Google para fazer consultas

Mas calma, isso não significa que esta geração odeie fazer compras em lojas físicas. Eles veem muito valor em visitar espaços físicos, na verdade. 

Um Presente Pra Você

Outros estudos como a pesquisa da GWI mostra que as lojas físicas são importantes para a Geração Z — principalmente porque podem optar por serviços de retirada ou aproveitar descontos especiais. Eles apenas preferem fazer compras em experiências online. 

O que os varejistas e profissionais de Marketing devem fazer?

A melhor maneira de manter a satisfação na Geração Z é entender que eles usam vários canais digitais e esperaram consistência entre eles.

Omnichannel é a chave 

Uma estratégia omnichannel permitirá que você ofereça uma experiência simultânea e interconectada entre diferentes pontos de contato. Pensar nessas táticas permite melhorar a experiência do cliente, e os consumidores mais jovens vão agradecer por isso. 

Algumas ideias para aplicar uma estratégia omnichannel são:

  • Integre seus canais digitais 
  • Envolva estratégias físicas 
  • Melhore seus pontos de comunicação.

Lembre-se que ser omnichannel não é focar apenas em melhorar seu gadget digital, mas pensar na jornada de compra como algo que acontece tanto offline quanto online. 

Repensar a maneira de fazer Marketing

Sabemos que trabalhar com públicos cada vez mais jovens é um desafio. Os profissionais de Marketing devem manter a mente aberta para se conectar com o comportamento das próximas gerações. 

Se a Geração Z não compra o Marketing tradicional, você tem que procurar canais diferentes para se conectar com eles. Por exemplo, investir em redes sociais em ascensão, como Discord e TikTok, para aumentar sua presença entre este público. Além disso, não se esqueça da sua reputação online, pois eles são mais céticos antes de comprar qualquer coisa.  

Negócios e Marketing estão em constante mudança, mas o que permanece é a força de vontade de se adaptar e se manter atualizado. 

Se você quiser receber mais dicas como essa semanalmente — além dos principais eventos e tendências em Marketing e vendas — recomendo fortemente que você assine a The Beat, newsletter oficial da Rock Content (todas as segundas-feiras no seu e-mail).

Please follow and like us:
Um Presente Pra Você