Marketing territorial: saiba como promover destinos e regiões!

As empresas que dependem do comércio local são diretamente impactadas pela reputação da região onde atuam perante consumidores, investidores e parceiros. Então, é do interesse delas usar o marketing territorial para atrair clientes e aumentar as suas vendas.

Por muito tempo, o conceito de marketing territorial ficou restrito aos órgãos governamentais e instituições públicas, que buscam promover a imagem de regiões inteiras para atrair investimentos e turismo.

Mas as empresas perceberam que também têm um papel nesse processo. Com estratégias de marketing e canais de comunicação com o público, elas podem contribuir para a boa reputação dos locais onde atuam e, ao mesmo tempo, obter ganhos comerciais.

Tem interesse nesse assunto? Continue para entender tudo sobre como funciona o marketing territorial e de que forma as marcas estão se beneficiando dessa abordagem!

O que é marketing territorial?

É o uso de estratégias e princípios do marketing tradicional para a promoção de um determinado território geográfico, como uma cidade, um estado, região ou país.

Ao contrário de um plano de marketing convencional, que se concentra nas qualidades de produtos ou serviços de uma empresa, o marketing territorial se volta para a promoção e valorização dos diferenciais de um território em si.

Uma boa explicação sobre o marketing territorial foi elaborada por um grupo de pesquisadores da Universidade de Naples Federico. Eles afirmam:

“[Com o marketing territorial,] Queremos dizer aquele conjunto de atividades que têm como finalidade específica a definição de projetos, programas e estratégias que visam garantir o desenvolvimento de uma área territorial no longo prazo”.

Quando uma região se destaca por suas características, seja pela beleza natural, seja pela cultura rica, seja pela oferta diversificada de serviços, ela se torna um ímã para os consumidores em busca de experiências de compra.

Então, contribuindo com o marketing territorial, as empresas podem posicionar seus produtos e serviços de forma a aproveitar o interesse crescente dos consumidores pela região.

A importância do marketing territorial para as marcas

Não cabe apenas ao poder público a responsabilidade pelo marketing territorial; as empresas também têm muito a ganhar fazendo isso. Descubra, a seguir, quais são os principais benefícios!

Integrar os valores da marca aos diferenciais do território

As marcas podem usar estratégias de marketing territorial para serem associadas às qualidades e características positivas de um determinado place branding — ou seja, da marca do lugar onde estão inseridas.

Uma empresa de moda praia sediada em Salvador, por exemplo, pode associar os seus valores à reputação da cidade baiana como um destino turístico tropical e culturalmente rico para criar uma conexão rápida com a maioria dos consumidores locais.

Essa estratégia de se integrar aos diferenciais da comunidade local pode criar uma relação mais próxima e duradoura entre a marca e os clientes.

Aumentar a percepção de valor sobre produtos e serviços

Uma marca que participa de projetos para beneficiar uma comunidade local, como apoio a causas sociais, eventos culturais ou esportivos, demonstra um compromisso genuíno com o desenvolvimento de um território.

O melhor é que essas ações não passam despercebidas, porque os consumidores tendem a valorizar empresas que se preocupam com o impacto de suas operações.

Na prática, isso mostra que associar a marca às características positivas da sua comunidade, e fazer juz a essa relação com o local, pode elevar sua própria percepção de valor aos olhos dos consumidores.

Aumentar a receita de lojas físicas

No caso de empresas que dependem das vendas em unidades físicas, o marketing territorial pode contribuir para impulsionar o sucesso e aumentar a receita, especialmente em áreas onde há uma forte presença de grandes cadeias varejistas.

Estratégia de SEO local, patrocínios de eventos comunitários e participação em feiras e festivais locais ajudam a atrair a atenção dos moradores e aumentar o tráfego nas lojas.

É uma maneira de as empresas atraírem clientes que valorizam o apoio ao comércio local e preferem uma experiência de compra mais próxima e personalizada.

Como usar estratégias de marketing territorial

Existem várias maneiras pelas quais as marcas podem fortalecer suas conexões com as comunidades locais usando estratégias de marketing. 

Confira abaixo algumas maneiras simples de impulsionar a presença e o impacto de uma empresa em seu território!

Análise do território e identificação de oportunidades

Embora gestores e líderes de uma empresa possam ter um conhecimento íntimo do território em que estão inseridos, é sempre válido realizar um levantamento formal para uma análise mais objetiva dos elementos da cidade, do bairro ou do próprio país.

A empresa pode colher dados sobre:

  • perfil demográfico da população;
  • principais setores econômicos;
  • concorrência local;
  • infraestrutura disponível;
  • tendências de mercado;
  • demandas dos consumidores.

A ideia é entender as características, os desafios e os potenciais do local para embasar as estratégias de marketing.

Definição de objetivos de marketing

Embora o investimento na boa reputação do local muitas vezes envolve a produção de conteúdos sem um tom promocional direto, é importante entender que esse tipo de material está inserido em uma estratégia mais ampla da empresa, e que existem objetivos específicos por trás.

É fundamental considerar como esses objetivos com o marketing territorial se alinham aos objetivos comerciais mais amplos da empresa.

Uma empresa de turismo, por exemplo, pode ter como objetivo ressaltar os pontos positivos de uma cidade para aumentar a visibilidade das redes e atrair mais visitantes, o que, por sua vez, pode impulsionar as vendas de seus pacotes turísticos.

Investimento em Marketing de Conteúdo

A produção de conteúdo é talvez uma das aliadas mais importantes de marcas que desejam usar seus canais para destacar os pontos positivos de uma cidade ou bairro.

As estratégias de Marketing de Conteúdo podem ser usadas para valorizar a cultura, os atrativos e as características únicas do local, e isso permite que a empresa guie o seu cliente ao longo do funil de vendas de maneira natural.

No início do funil, o cliente pode ser atraído por conteúdos informativos, como artigos de blog sobre pontos turísticos da região ou vídeos nas redes sociais mostrando a vida local. Isso desperta o interesse dele pelo território e cria uma associação positiva com a marca.

Conforme o cliente avança no funil, a empresa pode oferecer conteúdos mais específicos, como guias de compras locais em seu próprio site ou depoimentos de moradores satisfeitos com os produtos.

Esse tipo de conteúdo ajuda a fortalecer a intenção de compra do cliente, pois mostra como a empresa pode atender às necessidades dele.

No estágio final do funil, a empresa pode direcionar os esforços para conteúdos que incentivem uma ação do cliente. É o momento de oferecer promoções exclusivas para moradores locais ou convites para eventos especiais na região, por exemplo.

Essas iniciativas ajudam a transformar o interesse do cliente em uma decisão de compra concreta, incentivando-o a fazer uma visita à empresa ou a realizar uma compra online.

Confira também:

Exemplos de marketing territorial para se inspirar

Muitas empresas estão usando o poder do marketing territorial para impulsionar seus negócios. Elas destacam as características especiais e os encantos de um determinado local para promover seus produtos e serviços de forma indireta.

Ao associarem suas marcas a um lugar atrativo, criam uma conexão emocional com os consumidores e os incentivam a usufruir dos produtos e serviços oferecidos.

A Bike Itaú, que gerencia um sistema de compartilhamento de bicicletas, publicou um artigo com seis pontos turísticos de destaque em Pernambuco. Neste material, são apresentadas informações sobre praias, centros históricos e outros atrativos do estado.

Bike Itaú Iniciativa Marketing Territorial

Bike Itaú Iniciativa Marketing Territorial

Bike Itaú e sua iniciativa de Marketing Territorial

O artigo pode ser considerado um exemplo de marketing territorial no contexto das marcas porque promove o turismo no estado, o que contribui para o desenvolvimento econômico local.

A seção no site da empresa Tripadvisor sobre atividades baratas para fazer na cidade de Natal é outro exemplo prático de marketing territorial na área de turismo.

Tripadvisor iniciativa marketing territorial

Tripadvisor iniciativa marketing territorial

Tripadvisor e sua iniciativa Marketing Territorial

Com a oportunidade de destacar Natal como um destino turístico acessível, o Tripadvisor aproveitou para também atrair mais usuários para sua plataforma e incentivar a reserva de hotéis, restaurantes e outras atividades por meio de seus serviços.

Desafios para o uso do marketing territorial

Quando consideramos a relação entre as marcas e o marketing territorial, nos deparamos com uma série de desafios que não podem passar despercebidos.

Desde o início, um dos pontos é o próprio uso do conceito pelas marcas, considerando que a finalidade primeira do marketing territorial é melhorar a reputação do território em questão, com o objetivo último de promover seu desenvolvimento.

O desafio inicial, então, surge da necessidade de conciliar os interesses comerciais das marcas com os objetivos mais amplos do marketing territorial.

Embora as marcas busquem promover sua imagem e impulsionar suas vendas, é necessário garantir que suas ações contribuam efetivamente para a melhoria da reputação e do desenvolvimento sustentável do território em que estão inseridas.

Veja quais são os outros desafios do uso do marketing territorial pelas marcas:

  • assegurar que as iniciativas das marcas sejam percebidas como autênticas e genuínas pela comunidade local;
  • evitar que as ações das marcas sejam vistas como oportunismo ou exploração pela comunidade;
  • alinhar os interesses das marcas com as necessidades e valores da comunidade local;
  • adaptar as estratégias de marketing territorial para diferentes contextos e realidades;
  • demonstrar o compromisso de longo prazo das marcas com o desenvolvimento sustentável do território.

Enfrentar essas questões requer dos envolvidos na estratégia de marketing sensibilidade às necessidades e aos interesses da comunidade. Assim, as ações poderão ser vistas como autênticas e verdadeiramente benéficas para o território em questão.

Conclusão

Bom, fica claro que as marcas têm muito a ganhar valorizando a cultura, a culinária e outros aspectos dos locais onde atuam com as estratégias de marketing territorial. Mas, se querem garantir o sucesso de suas iniciativas, será preciso contar com uma equipe qualificada para produzir conteúdo.

No WriterAccess, você pode encontrar uma base de redatores, editores, estrategistas de conteúdo, designers, ilustradores e animadores prontos para ajudar na criação de conteúdos que destaquem as qualidades de um território e atraia o público de uma marca.

Comece seu trial gratuito no WriterAccess e aproveite o acesso a uma rede de freelancers talentosos para dar vida à sua estratégia de marketing territorial!

Crossposting: como ampliar seu alcance nas redes sociais

Crossposting é a técnica de publicação cruzada entre diferentes redes sociais. Com isso, você pode ampliar o alcance dos seus posts no Facebook, Instagram, LinkedIn e outras plataformas que estejam integradas por alguma ferramenta.

A palavra “crossposting” pode passar uma ideia de complexidade. Parece falar de alguma estratégia elaborada do marketing, alguma nova tendência do mercado… Mas a realidade é que você já deve usar essa técnica até mesmo no seus perfis pessoais nas redes sociais.

Trata-se da postagem cruzada entre diferentes redes sociais. Consiste em publicar no Instagram, por exemplo, e automaticamente publicar também no Facebook ou outras redes que estiverem integradas. É uma prática comum que, para as redes sociais de empresas, facilita a gestão de diferentes perfis da marca.

Neste artigo, vamos falar mais sobre Crossposting e como essa prática pode otimizar a gestão das redes sociais no dia a dia. Acompanhe!

O que é crossposting?

Crossposting é a ação de publicar o mesmo conteúdo em diferentes redes sociais, ao mesmo tempo e de forma automática. Para isso, deve ser utilizada alguma ferramenta, que pode ser uma integração nativa das redes sociais ou uma plataforma externa.

A postagem cruzada pode ser utilizada para diferentes formatos, como posts estáticos, vídeos, reels e stories. No entanto, é preciso que todas as redes sociais integradas aceitem o formato escolhido. O Instagram, por exemplo, aceita posts em carrossel com fotos e vídeos misturados — já o Facebook, não. Nesse caso, não é possível fazer o Crossposting.

Por isso, é importante planejar a postagem cruzada antes de fazer as publicações. Além disso, não se deve abusar dessa prática, que pode acabar tornando seu conteúdo repetitivo para os seguidores e, muitas vezes, desalinhado do perfil de cada plataforma.

Vantagens do crossposting

Criar uma estratégia consistente nas redes sociais pode ser um desafio. Você precisa manter a frequência de publicações, sempre com conteúdos relevantes, para alcançar e engajar mais pessoas.

O Crossposting, então, é uma prática simples que vai te ajudar nisso. Entenda agora as principais vantagens da postagem cruzada:

Aumentar o alcance do conteúdo

Aumentar o reconhecimento da marca e alcançar novos públicos estão entre os principais objetivos dos profissionais de marketing para 2024, segundo o State of Marketing Report 2024, estudo feito pela HubSpot, Litmus, Rock Content e Search Engine Journal com mais de 1.500 profissionais de marketing em todo o mundo. 

O Crossposting ajuda nisso: facilmente você publica em diferentes redes sociais que alcançam mais pessoas.

Ganhar tempo nas publicações

Outra vantagem clara do Crossposting é ganhar tempo nas publicações de redes sociais, principalmente se você gerencia várias contas. Se tiver que publicar em cada plataforma manualmente, você vai perder um tempo precioso no seu dia a dia.

Movimentar as suas redes

Quando você tem que gerenciar vários perfis em diferentes redes, pode ser que uma ou outra plataforma fique para trás no calendário de publicações. Então, o Crossposting ajuda você a manter as redes ativas, sem dar mais trabalho.

Integrar a comunicação da marca

Manter uma comunicação integrada é fundamental para a identidade da marca e o engajamento do público. Então, quando você faz postagens cruzadas, garante que a comunicação esteja padronizada e consistente entre diferentes plataformas.

Veja, abaixo, um exemplo de crossposting realizado pela marca Lacta no período de Páscoa:

Crosspoting: post de Páscoa Lacta no Facebook

Crosspoting: post de Páscoa Lacta no Facebook

Crosspoting: post de Páscoa Lacta no Instagram

Crosspoting: post de Páscoa Lacta no Instagram

Como fazer uma publicação cruzada

A seguir, vamos conhecer as melhores práticas para fazer Crossposting e potencializar suas estratégias de social media.

Use conteúdos relevantes para todas as redes

Quando planejar o Crossposting, pense em conteúdos que sejam relevantes para todas as redes sociais que você for integrar. Cada plataforma tem perfis de público diferentes, então as postagens cruzadas devem ser feitas apenas com conteúdos que agradem a todos.

Mescle com conteúdos nativos de cada plataforma

Mesclar postagens cruzadas com conteúdos nativos de cada plataforma torna a sua presença nas redes sociais mais interessante. Aproveite as vantagens do Crossposting, mas também faça posts dedicados a cada rede social, que podem atender melhor aos interesses dos seguidores.

Priorize o crossposting em redes com públicos semelhantes

Algumas redes sociais podem ter perfis de público semelhantes. Então, priorize fazer Crossposting entre essas plataformas, para que o conteúdo seja relevante para eles. Posts B2B no LinkedIn, por exemplo, tendem a não ser bem-sucedidos com os seus clientes no Instagram.

Acompanhe as métricas das postagens cruzadas

Acompanhe as métricas das postagens cruzadas para fazer otimizações. Identifique se o Crossposting está dando resultados e se não está prejudicando seu desempenho em alcance, engajamento e conversões. Se houver problemas, ajuste a sua estratégia.

Utilize ferramentas confiáveis para crossposting

Você vai precisar de ferramentas para fazer Crossposting. Então, utilize plataformas confiáveis para isso, já que você vai depender da automação para que os posts sejam feitos corretamente, sem falhas nem atrasos.

Erros comuns ao fazer crossposting

Crossposting tem muitas vantagens, mas deve ser feito com cuidados. A seguir, veja os principais erros que devem ser evitados.

Usar Crossposting o tempo todo

Use Crossposting com parcimônia. Não deixe todos os feeds iguais, pois isso torna a comunicação repetitiva e pode fazer com que os usuários deixem de seguir o seu perfil. Além disso, passa a imagem de que a marca tem preguiça de pensar em conteúdos diferentes…

Abusar da automação

Deixar que as ferramentas façam tudo pode ocasionar publicações com erros, problemas de layout, links quebrados, em horários inadequados, entre outros problemas técnicos. A automação ajuda no dia a dia, mas é preciso ficar sempre de olho para intervir rapidamente.

Ignorar o perfil e as diretrizes de cada plataforma

Cada rede social tem seu perfil de público, diretrizes de publicação e políticas de conteúdo. Ignorar as especificidades de cada plataforma é um erro que pode prejudicar seus resultados e até resultar em penalizações.

Ferramentas úteis para crossposting

Algumas plataformas, como Instagram e Facebook, que são gerenciadas pela mesma empresa, têm uma ferramenta nativa para Crossposting.

No entanto, se você quiser integrar outras redes sociais, é preciso utilizar uma ferramenta externa. Vamos ver agora algumas indicações:

  • Hootsuite: uma das ferramentas mais conhecidas, permite gerenciar várias contas em uma só plataforma, com possibilidade de agendamento em diferentes redes sociais.
  • Buffer: oferece um dashboard simples e colaborativo para a equipe criar os conteúdos e compartilhar facilmente em diferentes redes sociais (apenas em inglês).
  • mLabs: ferramenta brasileira que permite gerenciar diferentes contas e agendar posts de várias redes em uma mesma plataforma, com relatórios e gráficos de análise.

O crossposting é uma prática comum que facilita a sua vida e que diversas ferramentas oferecem para os profissionais de marketing. No entanto, a praticidade das postagens cruzadas pode ser traiçoeira se você não souber utilizar a técnica com cuidado e moderação. Então, siga as nossas dicas para usar essa técnica a seu favor.

O marketing de redes sociais exige que você pense estrategicamente para ter os resultados desejados. Então, aprofunde seu conhecimento agora com os materiais gratuitos do nosso Kit de Marketing nas Redes Sociais

[Novos Dados] A Inteligência Artificial traz mais tráfego do que conteúdo humano?

Desde o boom da Inteligência Artificial, muito se questiona o seu impacto na qualidade das pesquisas, do conteúdo entregue para a audiência e na experiência do usuário.

Grandes personalidades do marketing debatem o uso excessivo dessas ferramentas, as melhores formas de utilizá-las e suas consequências, e levantam questões sobre os resultados de conteúdos gerados por IA em comparação com aqueles criados por humanos.

A recente atualização do Google confirmou o que já suspeitávamos: qualidade de conteúdo é primordial para trazer resultados.

Mas, e aí? Isso significa que só conteúdos feitos por humanos trazem resultados?

Neste artigo, vamos analisar uma análise recente feita por Neil Patel, grande personalidade mundial no marketing, um relatório com dados da HubSpot sobre IA, e alguns de nossos resultados aqui na Rock Content para responder com dados a pergunta: a Inteligência Artificial é capaz de gerar tantos resultados em marketing como o conteúdo humano?

Acompanhe.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Estudo Recente: Conteúdo Humano VS. Conteúdo por IA

Em maio de 2023, durante participação no Web Summit Rio, Neil Patel enfatizou sua defesa em relação ao conteúdo humanizado e o uso das tecnologias para outros processos de marketing:

Se todos usam IA para criar conteúdo, e se a IA usa de dados já disponíveis para o desenvolvimento desses projetos, não teremos nada novo e autêntico. – Neil Patel

Segundo ele, em um cenário onde a tecnologia deixa todo mundo igual, se destaca quem entrega o único, com experiência, autoridade, confiança e expertise.

Leia também: Como criar conteúdo que ranqueia no Google em 2024

Em fevereiro de 2024, antes mesmo da grande atualização do Google em março, Patel compartilhou em sua conta no X dados de uma análise comparativa que realizou em 68 websites que criaram 744 artigos mesclando a tecnologia com talentos humanos.

O primeiro dado obtido é óbvio: a Inteligência Artificial nos torna mais velozes. Quando utilizamos IA para produzir conteúdo, conseguimos concluir o processo da redação à publicação em até 16 minutos, enquanto humanos levam, em média, 69 minutos.

Mas, apesar dessa eficiência, alguns problemas impactam desde a experiência do usuário aos resultados orgânicos do negócio:

Qual é a média de tráfego por post de um artigo gerado por IA vs. um artigo gerado por humanos? (Barra laranja representa conteúdo humano, enquanto a barra azul representa conteúdo gerado por IA)

A imagem acima é um excelente exemplo de como o conteúdo humano tem mais relevância e gera mais resultado que o conteúdo gerado por IA. No decorrer dos cinco  meses analisados, o conteúdo feito pela tecnologia teve crescimento baixo e inconstante, já o conteúdo humanizado escalou significativamente. 

Quanto tráfego conteúdos gerados por IA e conteúdo humano recebem por minuto

Quando analisamos a comparação do tráfego gerado por tempo gasto, mesmo que com uma diferença menor, o conteúdo humanizado continua se sobressaindo.

Por fim, a conclusão é não é deixar de usar a Inteligência Artificial, mas sim entender que para a criação de conteúdo ela ainda não é eficiente, pelo menos não no formato atual. O toque humano para a revisão e edição segue indispensável tanto do ponto de vista de qualidade, como de resultado.

Leia também: Humanizando o conteúdo de IA na Rock Content: passo a passo

HubSpot e as tendências da Inteligências Artificial para o Marketing

Outra pesquisa recente sobre as tendências da IA para o mundo do marketing foi conduzida pela HubSpot, e concluiu que 68% dos líderes de marketing usam automações e tecnologias em diferentes processos, desde a produção de conteúdo à realização de pesquisas. 

Entre as principais formas de uso estão:

  • Brainstorm e sugestão de ideias
  • Planejamento de SEO e pesquisa de palavras-chave
  • Criação e atualização de conteúdo

Aqui, um ponto importante: mesmo que a produção de conteúdo esteja em ênfase, os profissionais reforçam que a IA não substitui as habilidades e conhecimentos humanos. Apenas 5% dos profissionais de marketing usam da IA para criar conteúdos inteiros — e, quando somamos este dado com o estudo de Neil Patel e a atualização recente do Google, vemos que faz sentido.

Por fim, outro ponto mencionado na pesquisa da HubSpot é a incoerência e incompatibilidade da informação dos conteúdos gerados por IA

O principal desafio citado por equipes de marketing com o uso da IA é a imprecisão de dados, com 50% dos profissionais afirmando já ter encontrado informações incorretas.

Core Update do Google em Março de 2024

Falamos algumas vezes aqui neste artigo sobre a atualização do Google, e como ela está completamente alinhada com os estudos recentes sobre o uso da IA para criar conteúdo.

Em meio a tanta movimentação no cenário do marketing, já era esperado que o Google não demoraria a agir diante do impacto na qualidade dos resultados das pesquisas do motor de busca. Há poucas semanas, o Google divulgou o Core Update de 2024 no qual declara guerra contra a baixa qualidade e o spam, balançando o cenário do SEO. 

A nova atualização foca em pontos como: melhoria no ranking de qualidade, novas políticas anti-spam, redução de resultados não originais, penalidades manuais em sites que não seguem as diretrizes do Google. 

Leia também: Google Core Update: vou ser penalizado por usar IA para criar conteúdo?

Logo após o update de março de 2024, surgiram vários relatos de sites sendo totalmente desindexados e “desaparecendo” do motor de busca, o que comprova o perigo de depender integralmente da Inteligência Artificial.

Gostamos sempre de frisar aqui que a batalha do Google não é contra a IA, em si. Seu objetivo é unicamente melhorar a qualidade das pesquisas, priorizando conteúdo original e relevante. Algo que Mordy Oberstein, head de SEO da Wix, já havia sinalizado em entrevista exclusiva para a Rock Content:

Se o conteúdo for escrito por IA, não terá o nível de experiência e conhecimento necessário, a menos que você o edite e modifique fortemente. Estamos vendo a capacidade do Google de eliminar conteúdo escrito por IA, não porque eles estejam necessariamente mirando nisso, mas porque eles estão visando conteúdo que não é baseado em experiência e expertise, que é fundamentalmente os conteúdos escritos por IA. – Mordy Oberstein, head de SEO da Wix.

Isso foi comprovado por nós, aqui na Rock Content. Estratégias recentes adotadas para nossos próprios clientes sugerem que, quanto maior o envolvimento humano especializado, mais resultado orgânico alcançamos:

Gráfico mostra o crescimento orgânico do iFood, cliente da Rock Content, após adotar a estratégia de conteúdo orientado por especialistas

Esse conteúdo é baseado em entrevistas com especialistas no assunto que oferecem conhecimento, perspectiva, opinião e autoridade, e se tornou uma estratégia de extrema importância por trazer experiência, expertise, autoridade e confiabilidade, tornando o conteúdo único, a colocação humana que o usuário busca, e respondendo perguntas do público-alvo.

Leia também: Em 2024, Conteúdo Com Especialistas é a Chave para Crescimento Orgânico [+Dados de Nossos Clientes]

Conclusão 

Respondendo a pergunta do artigo: não. Embora nos ajude a ganhar velocidade e escalar rapidamente, a Inteligência Artificial não traz mais tráfego que conteúdos escritos por humanos.

Mas, como vimos, o uso da IA não precisa ser negligenciado, mas sim moderado. Se o seu objetivo é se destacar dentro do Google, traga conteúdos originais, humanizados e relevantes, foque na qualidade e no propósito de responder a intenção de busca do seu público alvo. 

Utilizar a tecnologia para otimizar processos como mapeamento de tópicos, pesquisa de palavras-chave, e outras automações pode economizar o tempo da sua equipe e o seu orçamento para que você possa focar naquilo que realmente interessa: criatividade humana na produção de conteúdo.

E, se quiser, podemos te dar uma ajuda com a humanização de seu conteúdo. O WriterAccess Humanizer é o elo que faltava entre a eficiência da IA e a conexão humana. 

À medida que o marketing de conteúdo evolui com o uso da Inteligência Artifical, o Humanizer combina tecnologia com visão humana, garantindo que seu conteúdo não apenas informe, mas também inspire. Leia mais sobre a ferramenta aqui, e faça um teste por 14 dias grátis aqui.

SEO no TikTok: Como otimizar seu conteúdo e aumentar o alcance

É difícil falar sobre SEO sem mencionar o Google. Mas, nos últimos anos, o TikTok também está ganhando espaço como um mecanismo de pesquisa popular. É um novo cenário que torna as estratégias de SEO para TikTok mais úteis do que nunca.

Projeções indicam que a rede de vídeos curtos e divertidos poderá atingir, até 2027, aproximadamente 2,25 bilhões de usuários

A popularidade do TikTok demonstrou não ser passageira e tem atraído as marcas interessadas em oxigenar suas estratégias de marketing com as tendências em alta na internet e criadores de conteúdos populares entre a Geração Z.

Segundo a pesquisa The State of Marketing 2024, estudo realizado pela HubSpot, Litmus, Rock Content e Search Engine Journal, 44% dos profissionais de marketing entrevistados já estão utilizando o TikTok. E, para 24% deles, a rede gera o maior retorno sobre investimento (ROI) em suas campanhas de marketing.

“Ok, mas como eu me encaixo nisso tudo? Como posso usar o TikTok para impulsionar uma marca?”. Bom, é disso que falaremos neste artigo. Continue para entender a real importância do SEO no TikTok e dicas de como conquistar resultados orgânicos na rede!

Entendendo o algoritmo do TikTok

O algoritmo do TikTok é um sistema inteligente de recomendações que decide quais vídeos aparecem no feed, com base em suas preferências e interações no aplicativo (o que o usuário assiste, curte, compartilha e comenta).

Ou seja, à medida que você continua a interagir no TikTok, o algoritmo continua a aprender e ajustar suas recomendações. Se você começar a gostar de um novo tipo de vídeo, ele levará isso em consideração e ajustará o feed de acordo.

No entanto, para entender como esse sistema de recomendações funciona, é importante saber que existem diferentes tipos de feeds no TikTok.

  • Para Você: vídeos que o algoritmo acredita serem do seu interesse de contas que você não segue;
  • Seguindo: conteúdo dos criadores que você segue. Porém, mesmo que dois usuários sigam os mesmos criadores, seus feeds Seguindo podem ser diferentes;
  • Amigos: conteúdo de seus amigos, seguidores que também o seguem de volta, contas que você segue e outras contas sugeridas. Assim como nos outros feeds, a exibição do conteúdo é personalizada para cada usuário;
  • LIVE: vídeos ao vivo para você descobrir e interagir com os criadores de que você gosta. Você pode selecionar o “LIVE” para assistir a vídeos ao vivo ou encontrar recomendações no feed “Para Você”.

Segundo informações do próprio TikTok, três fatores influenciam o que você vê em cada tipo de feed. Em “Para você”, por exemplo, veja abaixo o que determina a exibição dos vídeos:

  • interações: desde os vídeos que você curte e compartilha até as contas que você segue, o algoritmo leva em conta suas interações para entender suas preferências. Até mesmo os comentários que você publica e o conteúdo que você cria podem moldar o que é recomendado;
  • informações do vídeo: legendas, sons e hashtags são como pistas para o algoritmo. Ele usa essas informações para compreender melhor o conteúdo de cada vídeo e determinar sua relevância para você;
  • configurações de dispositivo e conta: embora menos influentes do que as interações do usuário, suas configurações de dispositivo e conta ainda são consideradas. Opções como preferência de idioma, configuração de país e tipo de dispositivo podem afetar sutilmente as recomendações que você recebe.

Embora tenha um conjunto definido de normas, o algoritmo não é estático. Ele está constantemente evoluindo à medida que novos dados são coletados e novos padrões são identificados. Isso significa que a experiência no aplicativo pode mudar ao longo do tempo.

Pesquisa de palavras-chave para TikTok

Quando alguém procura por algo no TikTok, o algoritmo usa palavras-chave para decidir quais vídeos exibir. Então, se você usar as palavras-chave certas no título, na descrição e nas hashtags de um vídeo, suas chances de ser encontrado por outros usuários aumentam.

O mais legal de tudo é que o próprio TikTok é uma fonte de inspiração para descobrir palavras-chave que estão em alta.

Sempre que você pesquisar um termo no aplicativo, pode visualizar uma infinidade de vídeos populares e até termos relacionados que podem orientar sua estratégia de conteúdo.

Para o nicho de alimentação saudável, por exemplo, pesquisar no TikTok o termo “receitas fitness” pode revelar uma série de vídeos populares relacionados a esse tema e outras palavras-chave relacionadas que os usuários estão buscando. Veja o exemplo abaixo:

Então, em vez de depender apenas de ferramentas externas, como o planejador de palavras-chave do Google ou o Ubersuggest, você pode aproveitar o próprio TikTok para criar conteúdos que realmente alcancem os usuários dentro do aplicativo.

Aqui estão mais algumas dicas de como fazer pesquisa de palavras-chave no Tiktok e usar hashtags para aumentar o alcance dos vídeos:

  • use a barra de pesquisa do TikTok para digitar palavras-chave relacionadas a um determinado nicho de mercado;
  • verifique os vídeos que aparecem nos resultados para ter uma ideia do conteúdo popular em sua área;
  • incorpore hashtags populares e em tendência em seu conteúdo pode aumentar as chances de ser descoberto por mais pessoas;
  • não use apenas as mesmas hashtags em todos os seus vídeos. Varie suas hashtags para alcançar diferentes segmentos de público;

Também vale a pena usar as palavras-chave encontradas no TikTok nas estratégias de Marketing de Conteúdo para outras redes sociais, como no Instagram e Facebook, ou até mesmo no seu blog.

Otimização de perfil e conteúdo

A chave do SEO no TikTok está em tornar seu perfil e seus conteúdos atraentes para que eles alcancem um público amplo dentro e fora da plataforma.

Quando alguém pesquisa por um tema no Google, os vídeos do TikTok podem aparecer nos resultados da pesquisa. Isso ocorre porque o mecanismo de busca indexa o conteúdo do TikTok, assim como faz com outras redes sociais e sites.

Veja o exemplo de um conteúdo do Tiktok que aparece na primeira página de resultados do Google para o termo “brandlover”:

Se você também quer seus conteúdos do Tiktok na primeira página dos resultados de busca do Google, aqui estão mais algumas dicas para otimizar o perfil e os conteúdos com estratégias de SEO:

  • nome de usuário e biografia: escolha um nome de usuário fácil de lembrar e que represente sua marca ou nicho;
  • título otimizado: escreva títulos claros, descritivos e atrativos para seus vídeos. Inclua palavras-chave relevantes que descrevem o conteúdo do vídeo;
  • descrição estratégica: aproveite o espaço da descrição para fornecer informações adicionais sobre o vídeo, adicionar palavras-chave relevantes e colocar links para outras plataformas;
  • uso de hashtags: utilize hashtags relevantes relacionadas ao conteúdo do seu vídeo para aumentar a chance de ele ser descoberto por mais usuários;
  • legendas acessíveis: adicione legendas aos vídeos para torná-los acessíveis a um público mais amplo, incluindo pessoas com deficiência auditiva;
  • biografia com palavras-chave e links: se possível, inclua links para suas outras redes sociais ou site na biografia. Além disso, inclua palavras-chave relevantes que descrevem o conteúdo que você produz.

Os vídeos do TikTok estão aumentando as chances de mais marcas serem descobertas por aqueles que estão navegando na web. Então, aproveite as dicas para expandir o alcance da sua estratégia de conteúdo!

Confira também:

Perguntas frequentes sobre SEO no TikTok

Se ainda restam algumas dúvidas, não se preocupe! Abaixo, respondemos algumas das perguntas mais comuns sobre as estratégias de SEO para TikTok.

Como medir o sucesso do SEO no TikTok?

Vale a pena monitorar várias métricas-chave que indicam o desempenho e a eficácia das suas estratégias de otimização de conteúdo no TikTok. Veja uma lista com sugestões de métricas importantes:

  • visualizações (número total de visualizações nos seus vídeos. Lembrando que ele inclui o número total, então, se uma mesma pessoa assistiu ao contéudo 3 vezes, as 3 vezes serão contabilizadas);
  • engajamento (curtidas, comentários, compartilhamentos e seguidores ganhos);
  • taxa de conclusão (porcentagem de espectadores que assistiram ao vídeo até o final);
  • alcance (número de pessoas únicas que viram seu conteúdo);
  • posicionamento nos resultados de pesquisa (quão alto os vídeos aparecem nos resultados de pesquisa do TikTok para determinadas palavras-chave).

Quais são as melhores práticas para usar hashtags no TikTok?

Algumas das melhores práticas de hashtags no TikTok são:

  • use hashtags relevantes e populares no seu nicho;
  • evite hashtags genéricas e muito amplas;
  • pesquise tendências e hashtags em alta para se manter atualizado;
  • misture hashtags em alta com outras menos populares para alcançar diferentes públicos;
  • use um número razoável de hashtags por postagem, entre 3 e 5 é recomendado.

Como o tempo de visualização afeta o SEO no TikTok?

O algoritmo do TikTok valoriza vídeos que mantêm os espectadores engajados por mais tempo. Quanto mais tempo as pessoas passarem assistindo aos vídeos, maior a chance de eles serem recomendados para outros usuários, o que aumenta sua visibilidade e alcance.

Como fazer SEO no TikTok?

Fazer SEO no TikTok é otimizar seu perfil e os vídeos para aumentar o alcance na rede. Aqui estão técnicas para ajudar nesse processo.

  • perfil: complete todos os campos do perfil com informações relevantes e palavras-chave;
  • vídeos: use títulos descritivos, escreva descrições com palavras-chave e use entre 3 a 5 hashtags;
  • interatividade: incentive a interação com perguntas, desafios e chamadas para ação;
  • análise de dados: use a aba “Análises” para encontrar dados sobre o desempenho de cada vídeo, como visualizações, curtidas, comentários, compartilhamentos e muito mais.

Como aumentar o alcance do TikTok?

Embora não haja uma fórmula pronta para aumentar o alcance dos conteúdos no Tiktok, existem práticas que estão gerando resultados para muitos usuários, como usar palavras-chave, aproveitar tendências populares e fazer parcerias com outros criadores.

Quais são as hashtags mais usadas no TikTok?

Use a Central de Criativos do TikTok para descobrir hashtags em alta e tendências atuais. A plataforma permite segmentar sua pesquisa por hashtags populares e relevantes.

No momento da produção deste material, as hashtags em alta no TikTok Brasil nos últimos 7 dias foram: #domingo (43 milhões de visualizações); #signos (135 milhões); #signo (46 milhões).

Como funciona o marketing no TikTok?

O TikTok valoriza a criatividade e a autenticidade. Os anunciantes podem criar anúncios divertidos que se alinham com a estética da rede. Muitas marcas também optam por colaborar com criadores populares para promover produtos ou serviços.

Além disso, o TikTok oferece várias opções de tráfego pago, incluindo anúncios nativos, anúncios de marca e anúncios de desafio. Os anunciantes podem segmentar seus anúncios com base em interesses, demografia e comportamento do usuário.

Conclusão

Gerentes e estrategistas de redes sociais podem aplicar as técnicas inspiradas no SEO tradicional do Google e, claro, aprender alguns truques novos para garantir que o conteúdo das marcas alcance o máximo de pessoas possível no TikTok.

Agora, é hora de colocar todas as nossas dicas de SEO para TikTok em prática e explorar todo o potencial que a rede tem a oferecer. Sucesso!

E, se quiser aprender outras estratégias de crescimento nas redes sociais, aproveite para conferir o webinar Jam Session da Rock Content com Rafael Kiso e Alessandro Alessio.

¹ https://www.statista.com/forecasts/1142687/tiktok-users-worldwide

Influenciadores criados por IA são o futuro do conteúdo no TikTok e Instagram?

Desde o final de 2022 e início de 2023, com a popularização do ChatGPT, empresas de todo o mundo começaram a aplicar inteligência artificial em suas rotinas. O marketing é um dos setores mais afetados por ela.

Acompanhamos a IA sendo utilizada para responder a perguntas simples, escrever conteúdo de acordo com necessidades e solicitações específicas, fornecer ideias e fazer análises, o que facilita a vida dos profissionais de marketing e reduz custos — não vou entrar na questão da qualidade por enquanto.

Não demorou muito para ver imagens e até vídeos criados por IA. Então, não apenas os escritores têm se preocupado com o uso dessas ferramentas, mas também designers, animadores e produtores de vídeo.

Claro, isso é só o começo. Ainda poderemos ver muitas outras aplicações da inteligência artificial no marketing, e é sobre isso que vou falar neste artigo.

Quão longe você acha que a Inteligência Artificial pode chegar?

Rumores recentes apontam para a sua utilização em redes sociais, o que pode ser surpreendente para algumas pessoas, mas bastante previsível, já que estas plataformas abrangem milhares de milhões de pessoas, resultando num canal extremamente importante para campanhas de marketing.

Segundo o Demand Stage, “o TikTok tinha 1,7 bilhão de usuários registrados em 2024. Isso representa um aumento de 390% desde 2018. A previsão é que esse número chegue a 2,13 bilhões em 2025”, enquanto “relatórios mostram que o Instagram tem 2 bilhões de usuários ativos mensais”, aponta o SproutSocial.

IA como ferramenta de Social Selling no TikTok

Considerando o crescimento de usuários do TikTok e o surgimento de novos recursos de inteligência artificial nos últimos meses, era de se esperar que, mais cedo ou mais tarde, a plataforma incluísse novas ferramentas nesse sentido.

E isso está acontecendo. Já é possível ver um novo botão para avisar que o conteúdo foi criado com IA.

Mas a rede não vai parar por aí. O TikTok parece apostar na possibilidade de as marcas contarem em breve com a inteligência artificial para criar influenciadores virtuais.

Conforme relatado pela The Information:

“O recurso, que ainda está em desenvolvimento, geraria um roteiro para um anúncio em vídeo com base em uma solicitação enviada pelo anunciante, bem como um influenciador gerado por IA para atuar no vídeo, de acordo com um anunciante que viu planos para a ferramenta. Os comerciantes da TikTok Shop também podem usar a ferramenta de influencer IA para promover seus produtos, disseram duas outras pessoas que ouviram sobre a proposta diretamente da equipe da TikTok”.

Esse pode ser um movimento inteligente quando se analisa a quantidade de dinheiro que as pessoas gastam na plataforma. De acordo com o Social Media Today, os usuários do TikTok gastaram US$ 3,8 bilhões em 2023, enquanto os usuários do Douyin gastaram US$ 270 bilhões, especialmente com compras em transmissões ao vivo.

Os gastos do público ocidental estão muito atrás daqueles do público asiático, mas ainda representam grandes oportunidades para empresas em todas as regiões.

Se esse recurso for realmente lançado, em breve começaremos a ver ainda mais conteúdo gerado por IA não apenas em texto, mas também em vídeo. Aqui estão algumas perguntas que venho me fazendo:

Os empregos dos verdadeiros influenciadores humanos serão ameaçados? Quão bom será esse conteúdo?

Não creio que os influenciadores que vemos hoje serão substituídos por “pessoas” criadas em prompt. Apesar de ser provavelmente mais barato fazer uma campanha com um influenciador virtual, sabemos que falta à IA algo importante quando se trata de marketing de influenciadores: humanização.

Um influenciador criado por IA não terá experiências reais com um produto e não será capaz de compartilhar sua opinião real sobre ele. Além disso, humanos se conectam com humanos, e trabalhar com pessoas reais ainda será o preferível ao trazer personalidade, emoções, abordagens e personalização às campanhas digitais.

Então, qual é o benefício da Inteligência Artificial neste contexto?

Ter uma “pessoa” para criar conteúdo e falar do seu negócio com menor custo é algo relevante, mesmo sem todo aquele valor que a humanização pode proporcionar. Se as empresas procuram abordagens mais superficiais, certamente vai funcionar.

Outro ponto é que, para fazer compras ao vivo, as marcas não precisarão ter uma pessoa real conversando e expondo produtos e preços — sem compartilhar experiências reais, claro — então será possível ter lives transmitidas 24 horas por dia, 7 dias por semana, para vender dia e noite.

IA para interagir com seguidores no Instagram

A Meta não quer ficar para trás nesta corrida. Aliás, o Instagram tem mais usuários ativos que o TikTok – pelo menos por enquanto.

Há rumores de que a plataforma pretende trabalhar não na criação de conteúdo, como o TikTok, mas sim no engajamento.

Conforme relatado pelo The New York Times:

“O programa, que está em fase inicial de testes e é conhecido como ‘Creator A.I.’, permitiria a influenciadores conversarem com fãs por meio de mensagens diretas na rede social e, potencialmente, por meio de comentários no Instagram no futuro, de acordo com cinco pessoas informadas sobre os planos da empresa”.

As mensagens (e talvez comentários) imitariam a forma como os usuários interagem com seus seguidores e seriam marcadas como geradas por IA. 

Deveríamos começar a nos preocupar sobre como a plataforma coletará dados para entender o tom de voz e os comportamentos para soar como o verdadeiro ser humano por trás daquela interação? Em algum momento, vamos descobrir…

O objetivo aqui é tornar mais fácil para criadores e marcas com muitos seguidores responderem às interações de seu público. Assim que uma mensagem chega, a IA envia uma mensagem personalizada. Parece interessante, né?

Na verdade, isso tornará muito mais fácil conectar criadores e público. Mas vejo o benefício para as marcas e um pequeno problema para os criadores:

Para as marcas

Será muito mais fácil responder dúvidas, reclamações e também vender, já que não precisarão de uma pessoa para responder mensagem por mensagem.

Para criadores

Se você segue alguém que o inspira ou que você aprecia como artista, ficaria satisfeito em receber uma resposta no Instagram que claramente não foi escrita por ele? 

Os fãs querem ser notados pelos seus ídolos, estão seguindo uma pessoa real. E, lembrando mais uma vez, os humanos se conectam com os humanos.

Segundo o The New York Times, Mark Zuckerberg definitivamente não quer ficar para trás e está investindo muito para competir com Google, Microsoft e OpenAI, afirmando que a tecnologia é um “motor de oportunidades cada vez mais importante”. Portanto, podemos esperar ver mais movimentos da Meta em relação à IA em um futuro próximo.

E agora?

Agora é só sentar e esperar pelos próximos capítulos. 

Se o TikTok e o Instagram estiverem realmente trabalhando nesses novos recursos, teremos que esperar até que sejam lançados para avaliar suas potenciais oportunidades ou riscos.

Não podemos negar que todos eles parecem interessantes e promissores. Porém, o uso deliberado de IA nas rotinas de marketing, sem levar em conta a importância das conexões humanas, pode não ser tão bom para as marcas.

A propósito, se você deseja criar conteúdo com ferramentas de IA, mas com o toque de um escritor humano, você precisa conhecer o WriterAccess Humanizer

Ele garante que seu conteúdo não apenas engaje leitores humanos, mas também se alinhe às diretrizes dos mecanismos de pesquisa, oferecendo confiança nos resultados em um cenário digital em constante mudança. Faça um teste! 

Gestão de redes sociais: tudo que você precisa saber

Nos últimos anos, a gestão de redes sociais evoluiu de uma simples tarefa para uma atividade especializada, que demanda conhecimento das melhores práticas, assim como habilidades técnicas e criativas para usar ferramentas e garantir resultados efetivos.

Porém, mesmo com esse cenário cada vez mais “maduro”, os fundamentos permanecem os mesmos. Por trás de cada campanha ou interação nas redes sociais, há uma estratégia que busca alcançar objetivos específicos e fortalecer a presença online de uma marca.

Aqui, apresentamos os princípios sobre o que é gestão de redes sociais e como buscar profissionais qualificados para essa tarefa. Confira!

Como fazer gestão de redes sociais? Confira as principais dicas!

Não há segredo para começar a postar conteúdos relevantes nas redes sociais. Se você está se perguntando como se planejar, aqui estão alguns passos simples para começar!

Definir objetivos claros

Comece decidindo o que você quer alcançar com suas redes sociais. Pode ser aumentar a visibilidade da marca, conquistar mais clientes e até mesmo educar seu público sobre seus produtos ou serviços, por exemplo.

Conhecer seu público

Entenda quem são as pessoas que seguem sua marca nas redes sociais. Vale a pena descobrir o que elas gostam, o que as motiva e quais problemas elas têm que sua empresa pode resolver.

Escolher as melhores redes sociais

Não é necessário que uma empresa esteja em todas as redes sociais. Escolha aquelas onde seu público está mais presente e que melhor se alinham com seus objetivos.

Analisar a concorrência

Veja o que seus concorrentes estão fazendo nas redes sociais para ter ideias sobre o que funciona e o que não funciona, além de ajudar a identificar oportunidades.

Criar conteúdo interessante para o público

Produza posts que despertem a atenção do seu público, com imagens, vídeos, enquetes e outras formas de conteúdo para manter seus seguidores engajados.

E como fazer essa escolha? Não tem resposta mágica: é testar, testar e testar, como fazemos aqui na Rock Content. Vanessa Dias, Especialista em Conteúdo e uma das responsáveis pelas redes sociais aqui da Rock, fala um pouco sobre isso e dá uma dica de ouro sobre explorar as ferramentas nativas de cada plataforma:

A melhor maneira de entender as preferências da sua audiência em cada plataforma é testar, e aqui inclui desde tipos de conteúdos (mais leves ou mais densos, em qual etapa do funil etc.), e também os formatos. Sobre esse último ponto, é muito importante explorar as ferramentas nativas de cada plataforma (normalmente, as plataformas costumam dar preferência quando você utiliza suas ferramentas nativas).

Por exemplo, para nós, quizes e artigos nativos no LinkedIn funcionam muito bem, quase sempre melhor que postagens estáticas replicadas do Instagram. Outro exemplo: testamos postar um mesmo vídeo editado para Reels e TikTok, e depois fazer edições diferentes em outro vídeo para Reels e outro utilizando a edição própria do TikTok – esse último, feito com as ferramentas da própria plataforma, teve quase 300 views a mais instantaneamente”. 

Pegou a dica?

Estabelecer um calendário de conteúdo 

Organize os conteúdos em um calendário de publicações para garantir que você esteja sempre postando dicas variadas, promoções e informações relevantes. É importante planejar com antecedência os temas, formatos e datas de publicação.

Parceria com influenciadores e creators

Considere trabalhar com influenciadores ou criadores de conteúdo que tenham afinidade com sua marca, movimentando a creator economy. Eles têm seguidores fiéis que confiam em suas recomendações, o que pode ajudar sua estratégia a alcançar um público mais amplo.

Segundo dados da pesquisa State of Marketing 2024, estudo conduzido por líderes do mercado como HubSpot, Litmus, Rock Content e Search Engine Journal, 51% dos profissionais de marketing afirmam que sua empresa trabalha ou trabalhou com criadores ou influenciadores.

Entre as equipes que trabalharam com influenciadores, 53% definiram o investimento como “eficaz”, enquanto apenas 25% dos profissionais o consideram “ineficaz”.

Quais as melhores ferramentas de gestão de redes sociais?

Existem várias plataformas com a proposta de centralizar as atividades envolvidas na gestão de redes sociais em um único lugar. Fizemos aqui uma seleção de algumas opções e suas funcionalidades principais.

Hootsuite

Com suporte para uma ampla variedade de plataformas, desde Facebook e X (antigo Twitter) até Instagram, YouTube, LinkedIn e Pinterest, o Hootsuite permite que as marcas centralizem todas as suas atividades em um único painel. 

Além do agendamento e planejamento de postagens, a plataforma oferece análises e relatórios personalizáveis para monitorar o desempenho das campanhas. 

A versão gratuita do Hootsuite, com duração de 30 dias, permite a associação e o gerenciamento simultâneos de até 25 contas.

Já os planos pagos, a partir de $99 por mês, oferecem recursos adicionais, como a possibilidade de adicionar mais contas e acesso a ferramentas avançadas de análise.

mLabs

A mLabs é uma plataforma brasileira de gestão de perfis de redes sociais completa e utilizada por mais de 145 mil empresas.

Além das funcionalidades básicas de agendamento e planejamento estratégico, ela oferece geração de relatórios sobre o desempenho das redes, integração com o Canva para criação de conteúdo e controle do fluxo de criação e aprovação de posts.

As marcas têm a oportunidade de experimentar todas as funcionalidades da mLabs antes de decidir pelo investimento, com um teste gratuito de 14 dias.

Além disso, os planos da plataforma começam a partir de R$ 24,90 por mês, com variações de acordo com o número de marcas gerenciadas e o período da assinatura.

Buffer

Com uma interface simples e intuitiva, o Buffer permite agendar postagens com facilidade, criar conteúdo e analisar o desempenho das redes sociais, tudo em um só lugar. 

A versão gratuita permite até 10 postagens agendadas por canal, o que é ideal para pequenas e médias empresas que estão começando.

Para aqueles que desejam mais recursos, os planos pagos começam a partir de $6 por mês, oferecendo postagens ilimitadas, análises avançadas e a capacidade de colaborar com equipes.

Sprout Social

O Sprout Social tem funcionalidades padrão de agendamento de postagens e análise de desempenho, além da possibilidade de colaboração entre os membros de uma equipe. 

Assim como as outras opções, a Sprout Social tem um teste gratuito (de 30 dias) para quem deseja experimentar os recursos da plataforma antes de assinar um plano pago. 

Os planos começam a partir de $99 por mês e oferecem uma série de benefícios, como suporte prioritário e acesso a recursos premium de análise e relatórios.

Como fazer o monitoramento e análise de dados?

As principais métricas para acompanhar o desempenho de uma marca e sua relação com o público são disponibilizadas pelas plataformas de gestão e pelas próprias redes sociais (no caso dos perfis comerciais). Abaixo, conheça as opções de métrica mais comuns.

Taxa de engajamento

Mede as várias formas de interação dos seguidores com o conteúdo publicado: curtidas, comentários, compartilhamentos e cliques. Quanto maior a taxa de engajamento, mais envolvido está o público com o conteúdo.

Alcance e impressões

O alcance indica quantas pessoas viram o conteúdo, enquanto as impressões representam o número total de visualizações. Essas métricas ajudam a entender o alcance e a visibilidade das postagens.

Taxa de conversão

Mede o número de ações desejadas realizadas pelo público, como fazer uma compra, preencher um formulário ou baixar um material. É uma métrica importante para avaliar o impacto das redes sociais nas metas de negócios.

Crescimento de seguidores

Acompanha o aumento ou diminuição do número de seguidores. Um crescimento consistente pode indicar uma boa saúde da conta e interesse contínuo do público.

Cliques no link da bio/perfil

Mede quantas vezes o link presente na bio ou perfil da empresa foi clicado. É uma métrica importante para avaliar o tráfego gerado pelas redes sociais para o site da empresa.

E como funciona aqui na Rock Content? Vanessa compartilha um pouco das principais métricas analisadas atualmente e faz um comentário bem importante sobre a escolha cuidadosa de quais métricas analisar:

“As principais métricas que nós acompanhamos hoje nas redes sociais da Rock Content são seguidores, engajamento e alcance, mas tudo isso vai depender da sua estratégia. Hoje, nossas redes sociais estão voltadas para o crescimento da audiência, awareness e expansão da marca – logo, essas métricas são as mais importantes para nós.

Outra coisa importante para nós é a geolocalização desse público. Como temos uma conta Brasil e uma Estados Unidos / Global, é importante sabermos se estamos atraindo o público nas regiões almejadas. Por fim, também monitoramos conversões, especialmente quando há divulgação de produtos e materiais ricos, mas esse não é o nosso maior objetivo hoje com nossos canais de social. Entender o objetivo primário é essencial para acompanhar os KPIs que fazem mais sentido, e fugir das métricas de vaidade”.

Confira também:

Como fazer o gerenciamento de crises nas redes sociais? 

O que pode ser pior do que uma “crise”? Nas redes sociais de uma marca, esse termo é utilizado para se referir a uma situação em que há muitas opiniões negativas associadas a ela circulando nas várias plataformas.

Um usuário pode postar uma reclamação no Instagram, que é visualizada por outros usuários e amplificada para mais pessoas. Ou talvez um post ou campanha da marca deu errado e foi interpretado de forma diferente das intenções originais.

Independentemente do que a originou, uma crise, se mal gerida, pode levar a efeitos adversos nas receitas de uma empresa, porque os clientes podem decidir mudar para marcas concorrentes e até boicotá-la, nos casos extremos.

A gestão de crises nas redes sociais é, então, o conjunto de ações que as marcas realizam para reconhecer, identificar a causa-raiz e lidar com uma situação de crise. Veja, a seguir, algumas das estratégias que todo social media precisa conhecer sobre esse processo.

Prevenir-se com medidas de controle sobre o que a marca posta

Não é possível prever o que pode causar uma crise nas redes sociais, mas existem alguns contrapesos que as marcas podem implementar para evitar os motivos mais comuns.

Por exemplo, vale a pena estabelecer políticas rigorosas de acesso aos perfis, com apenas as pessoas necessárias podendo postar e acessá-las para análises periódicas.

Outra medida preventiva é criar um fluxo de postagem composto por vários níveis de aprovações para verificar se não há conteúdo potencialmente problemático.

Evitar que o problema saia do controle o quanto antes

Quando surge uma potencial crise, apesar de todas as medidas preventivas tomadas, é importante saber como agir para garantir que esta não saia de controle.

Nesse tipo de situação, é fácil perder o controle e cometer erros que agravam o problema. Então, controlar todas as ações de forma coordenada é o que pode garantir que não haja comunicações desnecessárias.

Uma estratégia comum é interromper todas as atividades nos canais para formular a postura e a resposta corretas do ponto de vista da organização.

Enquanto isso, responder educadamente às pessoas que abordam o problema e transferir as conversas para canais de mensagens diretas, como DMs, pode ajudar a conter as repercussões negativas.

Aprender com os erros

Se a equipe conseguiu lidar com uma crise nas redes sociais sem causar grandes danos à reputação da marca, será uma grande conquista, mas as grandes empresas são aquelas que aprendem com os erros e reavaliam atitudes para evitar novos problemas no futuro.

A análise “post mortem” pode envolver medidas importantes, como definir o motivo que levou à crise e analisar se a causa poderia ter sido detectada mais cedo.

Também vale a pena verificar se houve um plano de ação implementado e se ele foi eficaz. Por fim, documente os aprendizados e incorpore os feedbacks para novas melhorias.

FAQ sobre gestão de redes sociais

Se ainda ficou com alguma dúvida sobre carreira e oportunidades na área de gestão de redes sociais, confira o nosso FAQ a seguir!

O que faz um gestor de redes sociais?

Um gestor de redes sociais é responsável por criar e gerenciar a presença online de uma marca nas plataformas. Suas atividades incluem desenvolver estratégias de conteúdo, criar publicações, observar tendências, interagir e analisar métricas de desempenho.

Qual o valor de um gestor de redes sociais?

Uma pesquisa recente da mLabs demonstrou que 40% dos profissionais de social media cobram entre R$ 500 e R$ 1.000 por um pacote mensal de 12 posts com planejamento, execução, postagens e interação.

Foram 2.152 profissionais entrevistados pela mLabs, e os dados estão disponíveis no relatório Panorama Profissionais de Mídias Sociais no Brasil.

Como começar a trabalhar com gestão de redes sociais?

Os passos iniciais de uma carreira na área de gestão de redes sociais envolvem: buscar capacitação em marketing digital, construir um portfólio que demonstre suas habilidades e buscar oportunidades de trabalho fixo ou freelancer.

Quem faz gestão de redes sociais?

Social media managers, freelancers, consultores e agências de marketing digital são exemplos de quem pode fazer gestão de redes sociais. Esses profissionais têm habilidades em criação de conteúdo, análise de métricas e conhecimento das principais plataformas.

Existe curso de gestão de redes sociais?

Muitos cursos de gestão de redes sociais estão disponíveis, e muitos deles podem ser acessados online. Um bom exemplo é o curso gratuito oferecido pelo Sebrae, chamado “Sua empresa nas redes sociais“. Outra opção é o curso da Social Media Masterclass original da Rock University e atualmente na PbyP School.

Conclusão

É com a gestão de redes sociais que as marcas têm conseguido aumentar sua visibilidade online, conquistar a fidelidade do público e impulsionar as vendas. 

Mas, para obter resultados a longo prazo, o que não pode faltar é o suporte de profissionais qualificados para criar conteúdo de forma contínua para as plataformas.

Na WriterAccess, você pode contar com uma equipe talentosa de redatores, editores, designers, copywriters e estrategistas de conteúdo prontos para ajudar sua marca a se destacar nas redes sociais. 

Então, o que está esperando? Aproveite para experimentar o Trial da WriterAccess e encontrar os talentos para dar vida ao seu projeto!

IA do Marketing: Aliada ou Vilã? Analisando o Cenário de 2024 [Novos Dados]

Não dá para negar que a inteligência artificial já se tornou parte da rotina de muitas áreas profissionais hoje em dia. No marketing, ela trouxe uma mistura de entusiasmo com preocupação, mas a maioria dos profissionais utiliza ferramentas de IA para auxiliar em suas tarefas, seja na criação de ideias até na análise de dados. 

O State of Marketing Report 2024, elaborado pela HubSpot, Litmus, Rock Content & Search Engine Journal, traz dados, tendências e insights sobre o mundo do marketing em 2024, incluindo informações sobre o uso de IA.

Neste artigo, vamos dar uma olhada no relatório do ponto de vista dos profissionais de marketing.

Uma equipe de marketing pode ocupar um grande escritório ou apenas uma sala pequena. Independentemente do tamanho, as tarefas são variadas, incluindo redação e análises. Segundo o relatório, os profissionais de marketing passam em média 4 horas em tarefas manuais, administrativas ou operacionais, e 81% acreditam que a IA pode ajudá-los em suas funções.

Mas como os profissionais de marketing estão usando a IA no dia a dia?

A IA na rotina do profissional de marketing

O relatório aponta que os profissionais de marketing são mais propensos a utilizar inteligência artificial para encontrar ideias, reaproveitar conteúdo, criar textos para redes sociais, e-mails, blogs e gerar imagens. Esse tipo de comportamento ajuda os profissionais a realizarem tarefas mais rapidamente e a dedicarem seu tempo livre a outras atividades.

Os profissionais de marketing podem economizar aproximadamente 2,5 horas por dia usando ferramentas de IA, conforme aponta o relatório. Além disso, 56% daqueles que usam IA generativa para criar conteúdo afirmam que ela é mais eficaz do que métodos tradicionais. Veja como eles têm utilizado essa tecnologia para economizar tempo:

  • 6% para escrever conteúdo
  • 18% para criar um esboço do conteúdo
  • 45% para ideias e inspiração
  • 31% para criar esboços

Apenas uma pequena parcela de pessoas confia na IA para realmente escrever o conteúdo. A maioria prefere utilizar a tecnologia para facilitar o processo de escrita, ao esboçar, obter ideias e criar esboços.

Depois de usar IA por meses, posso dizer que ainda é fácil identificar quando o conteúdo é 100% escrito por inteligência artificial. Falta o toque humano, e podemos perceber que a estrutura, palavras e expressões utilizadas são praticamente as mesmas em todos os casos.

Essa falta de originalidade impede que os criadores de conteúdo utilizem a IA para escrever tudo o que precisam do zero. 

De fato, a falta de o toque humano para emoções e a “escrita robótica” preocupam os profissionais de marketing, tornando difícil confiar em uma máquina para escrever um conteúdo completo. Isso pode levar a alguns problemas, como um texto que não é original, não se conecta aos objetivos comerciais ou não tem personalização.

Isso nos ajuda a entender por que a maioria prefere usar esse tipo de ferramenta apenas para esboços e obter inspiração. O relatório confirma isso ao mostrar que 77% dos profissionais de marketing sentiram que a IA os ajudou a criar conteúdo mais personalizado, combinando a criatividade humana com ferramentas de IA.

“Isto está alinhado com a tendência predominante observada em plataformas como o WriterAccess — um modelo integrado com ferramentas de IA. Eles utilizam IA para a criação inicial de conteúdo e redatores humanos para refinamento, fact-checking e adesão ao tom e voz da marca.” State of Marketing Report 2024

As principais preocupações com a IA

De fato, a IA é ótima, mas nem tudo são flores. De acordo com o State of Marketing Report 2024, 60% dos profissionais de marketing que usam IA estão preocupados com o seu uso. Aqui estão algumas das preocupações:

  • Perda de empregos: A automação por meio da IA pode levar à diminuição de empregos em certas funções de marketing.
  • Viés, plágio e segurança da marca: Os modelos de IA podem perpetuar preconceitos presentes nos dados em que são treinados.
  • Riscos de segurança: Violações de segurança de dados representam uma ameaça ao usar IA.
  • Falta de conhecimento do usuário: Os profissionais de marketing precisam de treinamento adequado e compreensão para utilizar efetivamente as ferramentas de IA.

Essas questões fazem todo sentido, especialmente ao falar de algo novo que pode oferecer tantos resultados. Como profissional de marketing, o que vejo como mais importante de se tomar cuidado é a questão do viés, plágio e segurança da marca. Afinal, esses problemas são mais propensos a ocorrer quando não se combina IA e humanos. 

Na Rock Content, temos muitos recursos de IA dentro do WriterAccess, nossa plataforma de criação de conteúdo, que ajuda os profissionais a superar a maioria dos desafios acima mencionados. Se você quiser experimentar, clique aqui para iniciar um teste gratuito.

O relatório também traz muitas outras percepções sobre branding, mídias sociais, análise de dados e muito mais. Se quiser ler o documento completo, é só clicar aqui para baixá-lo!

Como usar o Reddit para marketing? Confira o guia completo!

Em um mundo digital no qual novas redes sociais surgem constantemente, é essencial para as marcas não apenas marcar presença, mas fazê-lo de maneira estratégica. O Reddit, conhecido por sua comunidade engajada e por ter mais de 267 milhões de usuários ativos por semana, oferece um campo fértil para estratégias de marketing bem-sucedidas que muitas marcas ainda subestimam. 

Com isso, perdem a chance de influenciar discussões, moldar opiniões e construir autoridade em comunidades que podem ser altamente relevantes para seus mercados. 

Mas, afinal, como usar o Reddit para as suas estratégias de marketing? Essa é uma dúvida muito comum dos profissionais da área atualmente e, pensando nisso, preparamos um conteúdo completo com o que você precisa saber sobre essa rede social, os desafios, as melhores táticas e também esclarecemos as dúvidas mais comuns.

Continue a leitura e descubra como usar Reddit para marketing!

O que é o Reddit e por que usá-lo para marketing?

Reddit é uma rede social voltada para discussões, conversas, trocas de conteúdos e criação de comunidades. Com uma interface básica, a ideia da plataforma é estimular debates sobre os mais diferentes assuntos, desde tópicos relevantes para a sociedade até segmentações muito específicas de um público.

Os usuários podem criar conteúdos subindo um texto, uma pergunta, uma afirmação, um link ou uma imagem, por exemplo. E a partir disso começa o debate, com os outros usuários votando positiva ou negativamente naquela publicação, o que vai fazer com que mais pessoas vejam (ou não) aquela discussão inicial.

O seu modelo simples de publicações e conversas é o que torna a rede social tão popular, com mais de 73 milhões de usuários ativos todos os dias. Mas por que isso pode ser interessante para estratégias de marketing? Principalmente pensando em marketing de comunidade, o Reddit pode ser muito útil.

Isso acontece porque a rede social é dividida em “subreddits”, ou seja, comunidades menores focadas em interesses específicos, como tecnologia, esportes ou música. Uma marca pode explorar essa reunião de interessados em um assunto e participar das discussões de maneira orgânica, por exemplo.

Imagine um e-commerce de artigos esportivos. Acessar um subreddit sobre corrida de rua e começar a engajar nos comentários e discussões pode não só posicionar a sua empresa como uma autoridade no assunto, mas também ajudar nas vendas no longo prazo e até mesmo na geração insights e feedbacks desse público segmentado.

Porém, para que o Reddit seja efetivo dentro da sua estratégia de comunicação, é preciso focar na autenticidade e entrega de conteúdo relevante nas comunidades

O público não quer uma marca anunciando os seus produtos apenas, mas sim os especialistas por trás dessa empresa ajudando os usuários e contribuindo com discussões.

Qual é o perfil de público do Reddit?

Como falamos no tópico acima, o Reddit pode ser muito relevante para a equipe de marketing, mas tudo começa ao entender o perfil do público que está nessa rede social.

Público mais jovem e bem-informado

Para começar, o perfil de usuário que frequenta o Reddit é mais jovem, com uma concentração de usuários na faixa dos 18 aos 29 anos. Na maioria dos casos, são pessoas com interesses mais variados, sem gostos específicos, já que é justamente uma das características do Reddit essa variedade de perfis de interesse.

Mas aqui tem um ponto específico muito importante: a audiência é bem informada, crítica e engajada em discussões, o que vai demandar um nível de originalidade e expertise sobre os determinados assuntos muito maior em comparação a outras redes sociais, por exemplo.

Interesses diversificados

A essência do Reddit é justamente a variedade de assuntos que podem ser debatidos na plataforma, não é mesmo? 

Por conta dos subreddits, que cobrem praticamente qualquer tópico imaginável, desde tecnologia, ciência e arte até nichos muito específicos, basicamente qualquer empresa consegue encontrar um nicho na rede social.

Ou seja, na prática, para marcas e profissionais de marketing, isso significa que, independentemente do setor, há uma comunidade relevante a ser engajada. A chave é identificar esses grupos específicos e interagir de maneira que respeite sua cultura e valores, sem nenhum tipo de interação mecânica.

Conteúdos originais e relevantes

Você provavelmente já ouviu falar sobre a importância de conteúdos originais e relevantes em todas as áreas de marketing digital, certo? Desde o SEO até o Marketing de Conteúdo, todos os caminhos exigem a produção de materiais mais interessantes, mas é ainda mais valioso dentro do Reddit.

Isso acontece porque o público é conhecido por ser cético em relação a tentativas explícitas de marketing ou promoção, por exemplo. 

Portanto, estratégias que focam em agregar valor, como fornecer insights especializados, responder a perguntas de forma genuína ou oferecer soluções para problemas comuns, tendem a ser bem-recebidas.

Quais são as melhores estratégias de marketing mais eficazes no Reddit?

O que fazer para adotar as estratégias de marketing no Reddit? Confira!

Entenda e respeite cada comunidade

Cada subreddit tem seu próprio conjunto de regras e cultura e, por isso, antes de postar, dedique tempo para entender o que é valorizado na comunidade específica. 

Leia as postagens mais populares, observe o tipo de conteúdo que recebe mais engajamento e ajuste sua estratégia para fazer sentido dentro desse público.

Contribuição primeiro, promoção depois

Como já falamos mais acima, priorize contribuir com conteúdo valioso e insights úteis para os subreddits relevantes para o seu nicho. 

A promoção direta sem contribuição prévia pode ser mal-vista. Uma empresa de tecnologia, por exemplo, pode oferecer soluções em subreddits de suporte técnico antes de falar dos seus produtos.

Use anúncios patrocinados com sabedoria

O Reddit oferece opções de anúncios patrocinados que permitem segmentar usuários por interesses, localização e comportamento de navegação.

Porém, entenda que esses anúncios precisam ser criados de maneira diferente do que em outras plataformas, principalmente adotando uma linguagem mais orgânica e natural.

Engajamento com AMAs (Ask Me Anything)

Realizar um AMA (Ask Me Anything) em um subreddit relevante para a sua marca é uma maneira de gerar transparência e aproximar sua marca dos usuários. 

Mas, como tudo o que acontece no Reddit, essa abordagem precisa ser orgânica, com o objetivo de compartilhar conhecimento, experiências e insights, não apenas promover produtos.

Como evitar as armadilhas mais comuns de marketing no Reddit?

Também é importante entender algumas das armadilhas que o Reddit cria para empresas que querem só promover os seus produtos. O que fazer para evitá-las?

Não ler as regras dos subreddits

Já falamos mais acima, mas é importante reforçar: cada subreddit opera com um conjunto específico de regras e diretrizes. 

Essas podem incluir restrições sobre tipos de conteúdo permitidos, frequência de postagens e etiqueta de autopromoção. Ao ignorar essas regras, isso pode levar à remoção de conteúdo ou ao banimento da comunidade.

Portanto, é fundamental dedicar tempo para compreender e respeitar essas diretrizes antes de engajar. 

Afinal, isso é uma demonstração de respeito pela comunidade e aumenta a probabilidade de suas contribuições serem bem-recebidas.

Promoção excessiva

O Reddit valoriza contribuições que enriquecem a discussão e oferecem valor real aos seus usuários. Estratégias de marketing que focam exclusivamente em autopromoção tendem a ser rejeitadas pela comunidade. Por isso, a chave para evitar essa armadilha é equilibrar conteúdo promocional com contribuições valiosas.

Por exemplo, antes de postar links para seus próprios produtos ou serviços, participe ativamente da comunidade respondendo a perguntas, oferecendo conselhos e compartilhando insights que não estejam diretamente ligados à sua marca.

Ignorar a etiqueta do Reddit

A plataforma possui sua própria etiqueta, incluindo normas contra práticas como a manipulação de votos (upvote e downvote) e o uso de múltiplas contas para promover conteúdo. 

Tais ações não apenas violam as regras do Reddit, mas também podem danificar seriamente a reputação de sua marca.

Você não pode entrar com a sua marca nesse espaço e simplesmente ignorar tudo o que está acontecendo. 

Por isso, mantenha a integridade ao interagir na plataforma, focando em construir uma presença orgânica e respeitada.

Não engajar com a comunidade

O Reddit é feito a partir de conversas e debates, então a sua empresa precisa interagir e participar da comunidade de forma ativa. 

Desde responder comentários nas suas postagens até mesmo participar de discussões em outros subreddits.

Negligenciar essa interação pode diminuir significativamente a eficácia de suas estratégias de marketing, além de perder oportunidades valiosas de construir relações com potenciais clientes. 

No final das contas, os usuários vão perceber que o seu conteúdo não é original e o seu objetivo ali é apenas promocional.

Quais são as dúvidas mais frequentes sobre marketing no Reddit?

Mas o Reddit exige muito cuidado, não acha? Por isso, trouxemos algumas das dúvidas mais comuns na plataforma e, é claro, as respostas!

Como fazer um post eficaz no Reddit?

Para criar postagens eficazes no Reddit, priorize conteúdo que faça sentido para a comunidade específica à qual você está se dirigindo. Isso significa entender os interesses, o humor e as preocupações dos usuários do subreddit escolhido. Postagens bem-sucedidas geralmente incluem elementos de valor educacional, informativo ou entretenimento.

Use títulos cativantes que estimulem a curiosidade sem cair no clickbait. Inclua também CTAs sutis, incentivando os usuários a comentarem e compartilharem suas opiniões, o que pode aumentar o engajamento e a visibilidade.

Como lidar com feedback negativo no Reddit?

Responda de maneira construtiva, agradecendo pelo feedback e detalhando quaisquer passos que serão tomados para abordar a questão levantada. O pior caminho é ignorar ou responder de forma defensiva — pode prejudicar ainda mais a reputação da sua marca.

Assim como em outras redes sociais, o feedback negativo no Reddit deve ser abordado com transparência e profissionalismo. Veja isso como uma oportunidade de melhorar e demonstrar comprometimento com a excelência no atendimento ao cliente, além de ser transparente com a sua audiência.

Quais são as melhores práticas para anúncios no Reddit?

Use uma linguagem que converse diretamente com o público-alvo e mantenha o anúncio alinhado com o tom e os valores da comunidade. Teste diferentes formatos e mensagens para identificar o que gera melhor desempenho. 

Os anúncios no Reddit devem ser direcionados com precisão para alcançar os subreddits mais relevantes e engajados com o seu produto ou serviço. 

Além disso, monitore o ROI (Retorno Sobre Investimento) e ajuste suas campanhas com base em dados concretos. 

Ao priorizar a autenticidade e oferecer valor genuíno, você tem mais chances de sucesso com os anúncios na plataforma.

Ao entender e respeitar a cultura única de comunidade do Reddit, as empresas e equipes de marketing conseguem aproveitar todo o potencial de segmentação e engajamento da plataforma para construir uma presença de marca, fidelizar clientes e impulsionar o crescimento dos negócios dentro do seu nicho.

Mas o Reddit é apenas uma das muitas plataformas que você pode utilizar para criar essa conexão orgânica com o seu público-alvo. 

O que acha, então, de conhecer tudo sobre marketing em redes sociais, aprofundar seus conhecimentos e ampliar sua estratégia de marketing online? Baixe nosso kit gratuito agora mesmo!

Novas redes sociais: tendências e oportunidades para marcas

É indispensável acompanhar a evolução e o surgimento de novas plataformas na internet para conseguir se destacar. Nesse cenário, é importante saber que novas redes sociais trazem novas possibilidades para alcançar públicos específicos, conquistar autoridade e se manter relevante dentro do seu nicho de mercado.

Dessa forma, conhecer redes sociais alternativas permite que marcas, influenciadores e profissionais do marketing apostem em novos formatos e, assim, conquistem mais relevância. Afinal, o universo das redes sociais está muito além do Instagram, TikTok ou Facebook.

Neste artigo, mostramos que o digital não está saturado e há sempre espaço para a inovação. Apostar nas redes sociais em crescimento é uma das estratégias para conversar com o seu público. A seguir, apresentamos novas redes sociais e algumas que, embora mais antigas, estão em amplo crescimento. Confira!

Muitos se perguntam o que vai substituir o Instagram e, se depender de Mark Zuckerberg, será uma rede social criada pelo seu grupo. O Threads foi criado pela Meta em julho de 2023, e é uma rede social atrelada ao Instagram focada em conteúdo textual bastante similar ao Twitter.

Threads significa “sequências”, já que nela é possível publicar textos curtos atrelados a um post principal, criando uma sequência sobre um determinado assunto. Assim como a rede social concorrente, ela proporciona um ambiente descontraído para contar histórias, produzir conteúdo educativo sobre um determinado assunto ou produto, entre outros exemplos.

É um complemento ao Instagram para construir um relacionamento mais íntimo com os clientes, já que permite a publicação de textos breves e pouco elaborados, em tom de conversa com o público.

Talvez você nunca tenha usado o Reddit, mas certamente já ouviu falar sobre os fóruns da rede social, que é mais popular em outros países. Há algumas temporadas o Reddit integra a lista de redes sociais do momento e um dado relevante a conhecer sobre o Reddit é o número de usuários: em 2024 chegou a 73 milhões de pessoas ativas por dia, ultrapassando o Twitter.

Dados recentes do State of Marketing 2024, estudo conduzido por líderes do mercado como HubSpot, Litmus, Rock Content e Search Engine Journal, mostram tendências para redes sociais. Entre elas, o fato de que os usuários costumam tirar suas dúvidas primeiro no TikTok e no Reddit antes de pesquisar no Google.

O Reddit está entre as redes sociais em crescimento mais expressivas justamente pelas suas comunidades e discussões em torno de assuntos específicos que atraem público. Por lá é possível encontrar desde fóruns sobre filmes antigos até a melhor forma de utilizar um acessório. A grande variedade e especificidade de assuntos é algo para se apostar.

Recentemente o Reddit lançou o Reddit Pro, uma ferramenta gratuita para marcas. Gigantes como Taco Bell e Wendys já aderiram e a ferramenta promete crescer no Brasil também. 

Há todo um universo de interação entre usuários e empresas nas redes sociais a ser explorado, especialmente porque, no Reddit, é possível acessar diretamente a dor do público e solucioná-la.

O universo dos games se modificou muito nos últimos anos, e plataformas como o Twitch perceberam o potencial deste segmento quando quase ninguém notava.

Graças ao seu pioneirismo em transmissão ao vivo, a rede social se tornou a principal plataforma para streamers (responsáveis pela transmissão) e suas comunidades, que podem interagir por meio de comentários e doações.

Por meio das transmissões ao vivo, o público se sente próximo ao seu streamer favorito, o que permite que marcas apostem em patrocínio, publicidade, venda de produtos em live e outras formas de divulgação.

O sucesso é tanto que o Twitch conta com cerca de 15 milhões de usuários ativos diariamente, sobretudo o público mais jovem pertencente a geração Z.

Mais uma rede social baseada em streaming, o Caffeine se popularizou especialmente no segmento de esportes. De acordo com dados da Google Play, são cerca de 60 milhões de usuários ativos por mês, que assistem e interagem com seus esportes e streamers favoritos por meio da rede social.

As oportunidades para marcas são as mesmas que as do Twitch, com o diferencial de que o Caffeine é considerado por muitos uma plataforma mais refinada.

Lançado em 2020, o Lemon8 é um app de fotos criado pela proprietária do TikTok e considerada a nova rede social do momento em 2023. A rede social foi criada para fazer frente ao Instagram, visto que o funcionamento é similar.

Em pouco tempo de funcionamento, o app foi o nono mais acessado na App Stores dos EUA, o que mostra o seu potencial como rede social em crescimento. 

Entre as comparações do Lemon8 encontramos referências ao Instagram e ao Pinterest, já que a principal função é o compartilhamento de fotos e vídeos inspiracionais com legendas.

Ainda é preciso aguardar os próximos capítulos para descobrir se a rede social será, de fato, relevante. Hoje, os principais assuntos abordados nas publicações são moda, beleza, fitness e estilo de vida, o que pode ser interessante para influenciadores e marcas situadas nesses nichos.

Fundada em 2006, a Wattpad se estabeleceu como uma plataforma social de narrativa que reúne mais de 97 milhões de pessoas apaixonadas por escrita e leitura. 

Com uma comunidade superengajada, o Wattpad permite que escritores, tanto amadores quanto profissionais, publiquem suas histórias, capítulo por capítulo, e recebam feedback em tempo real de leitores ao redor do mundo. 

O conteúdo no Wattpad é incrivelmente diversificado, abrangendo gêneros como romance, ficção científica, fantasia, suspense, entre outros. Inclusive, é o lar de muitas fanfics

O público da plataforma é predominantemente jovem, com uma forte presença de adolescentes e jovens adultos que não apenas consomem, mas também criam conteúdo, refletindo suas experiências e imaginação. 

Wattpad também tem servido como um trampolim para novos talentos literários que conseguem o Wattpad Star, com várias histórias sendo adaptadas para livros impressos, séries de televisão e filmes, destacando seu impacto significativo na indústria de entretenimento. Exemplos são Zoe Aarsen, Isabelle Ronin e Kara Barbieri.

Lançada em 2020, a BeReal é uma plataforma de origem francesa que desafia a cultura de curadoria excessiva comum em outras redes, promovendo um ambiente mais autêntico e espontâneo. 

A proposta única da BeReal é simples: todos os usuários recebem uma notificação ao mesmo tempo uma vez por dia para compartilhar uma foto em tempo real. 

Isto significa que os usuários têm dois minutos para capturar e postar uma imagem do que estão fazendo naquele exato momento, sem filtros ou edições. Daí o slogan “Sua dose diária de vida real”. 

Isso permite uma visão mais realista e menos glamorosa da vida diária, diferenciando-a de plataformas como Instagram e Snapchat.

A BeReal ganhou popularidade em 2022, tendo atingido 4 milhões de usuários de acordo com reportagem da Forbes, especialmente entre os mais jovens, que valorizam a transparência e a autenticidade nas interações online. 

O que considerar antes de investir em novas redes sociais?

Empresas devem usar redes sociais de forma estratégica, sempre. Portanto, mais do que investir em uma rede social porque ela é nova ou porque está em crescimento, é preciso construir uma estratégia de divulgação digital que traga resultados para a marca.

Neste processo, é válido analisar dados importantes como o nicho de atuação da empresa, faixa etária do público, dados geográficos, faixa de renda, entre outros. É preciso entender se o seu público está em crescimento nessa rede social e se é válido esse esforço. 

Assim, com base no comportamento do público, a empresa pode decidir se é interessante ou não direcionar orçamento e construir uma estratégia de construção de presença online nessas novas redes sociais.

Ainda que existam diversas novas redes sociais em crescimento, vale lembrar que a máxima para essas plataformas é a interação. 

Portanto, quanto mais a empresa tem disponibilidade em produzir conteúdo personalizado e dialogar com o seu público, mais satisfatórios serão os resultados. Do contrário, criar por criar, não alimentando e interagindo com os usuários, pode não trazer os resultados esperados. 

Inclusive, com relação a isso, David Díaz Molina, Head de Social Media da NH Hotel Group, compartilhou uma fala interessante durante sua participação no podcast do Marketing Paradise: “Ter um perfil abandonado traz mais dano do que não tê-lo”. 

Logo, não saia correndo seguindo modismos para, depois de poucos meses, ter um perfil abandonado: pense bem antes de fazer esse investimento e elabore uma estratégia completa. 

Conclusão

Além de conhecer novas redes sociais, é fundamental que as marcas explorem essas plataformas com estratégia. Mais do que investir em todas as redes sociais ou apostar em uma nova rede social apenas pelo hype, vale analisar a relevância para cada caso.

Como vimos, algumas redes sociais podem ser mais interessantes para determinados nichos de atuação, o que vale para marcas ou influenciadores.

Não importa a rede social escolhida: você vai precisar de conteúdo estratégico. Que tal uma ajuda com isso? No WriterAccess, você encontra mais de 15.000 freelancers especializados — de copywriters e redatores a designers e estrategistas — prontos para ajudar sua marca a se destacar.

Não perca tempo: aposte em estratégias inteligentes e conteúdos que transformem. Experimente o Writer Access grátis

Pinterest Ads: como anunciar e impulsionar seu negócio

Pinterest Ads são anúncios na plataforma mais inspiracional da internet. Você pode utilizar diferentes formatos de Pins — imagens, vídeos, carrosséis, coleções etc. — para se conectar com o estilo de vida dos usuários e inspirar as suas compras.

O Pinterest é uma plataforma de busca de ideias e inspirações. Embora não seja tão numerosa quanto outras redes sociais — são mais de 400 milhões de usuários, cerca de 10% no Brasil —, é poderosa quando se fala em consumo.

Afinal, ali as pessoas fazem pesquisas, selecionam imagens e criam coleções que definem o seu estilo de vida, seus sonhos e expectativas. Com isso, os Pins podem levar às compras, tanto em lojas virtuais quanto físicas. Então, os anúncios do Pinterest Ads potencializam as chances de se aproximar do seu público e transformar mais pessoas em clientes.

Neste artigo, vamos conhecer o que é Pinterest Ads, como anunciar na plataforma e ter bons resultados. Acompanhe agora!

O que é o Pinterest Ads?

Pinterest Ads são anúncios pagos do Pinterest, que oferece diferentes soluções para alcançar o seu público-alvo na rede social. Você pode utilizar formatos de imagens, vídeos, carrossel, coleções, multimídia e Pins de produto para atrair a atenção dos usuários e cumprir seus objetivos de marketing no Pinterest.

Criar anúncios pagos no Pinterest permite alcançar mais usuários da plataforma. Além disso, você anuncia com foco naquelas pessoas que têm mais chances de gostar da sua marca e comprar seus produtos. Dessa forma, você pode levar tráfego para o seu site, gerar mais conversões no e-commerce ou aumentar o reconhecimento da sua marca.

O Pinterest é uma rede social muito ligada ao consumo, já que as pessoas buscam inspirações ligadas ao seu estilo de vida, que muitas vezes se materializam em produtos e serviços. Vale a pena ver como algumas marcas estão tendo resultados no Pinterest.

Portanto, potencializar a visibilidade da sua marca com Pinterest Ads tem grande potencial de gerar resultados efetivos para o seu negócio.

Como funcionam os Pinterest Ads?

Os anúncios do Pinterest procuram seguir a linguagem utilizada na rede social, bastante visual e com um tom inspiracional. Embora sejam identificados como tal, os anúncios têm a intenção de se integrar à experiência da plataforma, sem parecer publicidade.

No entanto, eles não são como qualquer Pin. Os anúncios são exibidos apenas para o segmento-alvo que você definir, de acordo com os objetivos da sua campanha. 

Dessa forma, eles são capazes de alcançar mais pessoas, mas dentro do perfil de usuário que você quer atingir, e são otimizados para alcançar os resultados que você está buscando.

Tudo isso é definido na hora de criar a sua campanha no Gerenciador de Anúncios do Pinterest. A plataforma é parecida com Facebook Ads e outras ferramentas de publicidade online que talvez você já tenha usado.

Lá você também pode explorar os diferentes formatos de anúncios do Pinterest Ads, conforme os seus objetivos de campanha. A plataforma oferece os seguintes formatos:

  • Padrão: é o formato de imagem básico e estático do Pinterest, vertical ou quadrado.
  • Vídeo: conteúdo audiovisual, mais envolvente, que pode ter o tamanho padrão de um Pin ou a largura máxima.
  • Idea: formato multimídia, que também permite criar um conteúdo envolvente.
  • Pin em carrossel: formato com a possibilidade de incluir várias imagens e deslizar de uma para outra.
  • Coleções: conteúdo que combina imagens e vídeos reunidos em torno de um estilo de vida.
  • Shopping: formato que transforma Pins de produto em anúncios para mandar os usuários até a página de compra no e-commerce.

Como criar uma campanha de sucesso no Pinterest Ads

Para criar uma campanha de Pinterest Ads, o gerenciador oferece duas opções, a criação simplificada de anúncios e a criação avançada de anúncios. O passo a passo que vamos explicar agora faz parte da opção avançada, mas a criação simplificada pode ser melhor para iniciantes.

Além disso, no início de 2024, Pinterest e Google anunciaram uma parceria de publicidade, que deve permitir aos anunciantes do Google Ad Manager que veiculem suas campanhas na rede social. Mais uma opção para criar anúncios do Pinterest Ads.

Acompanhe agora os passos mais importantes para criar campanhas de Pinterest Ads:

Tenha uma conta de negócios

Para criar uma campanha, você deve ter uma Conta Business no Pinterest. Contas pessoais não têm acesso ao Pinterest Ads.

Então, depois de criar o seu perfil empresarial, acesse a plataforma do Gerenciador de Anúncios: ads.pinterest.com.

Defina o objetivo da campanha

Ao acessar o Gerenciador de Anúncios, clique em Criar campanha. A primeira definição que você deve fazer é o objetivo da campanha. Conforme a sua escolha, a plataforma vai sugerir formatos e otimizar o desempenho para alcançar os resultados desejados. O objetivo pode ser:

  • Reconhecimento: fazer as pessoas descobrirem sua marca, produtos e serviços.
  • Visualizações do vídeo: exibir a marca por meio de visualizações de vídeo.
  • Consideração: gerar cliques no anúncio e tráfego para o site ou e-commerce.
  • Conversões: gerar ações de conversão no site ou e-commerce.
  • Vendas de catálogo: gerar vendas em lojas físicas ou fora da internet.

Lembre-se de fazer uma escolha alinhada às metas comerciais do seu negócio. Se você precisa aumentar as vendas no mês, por exemplo, foque em conversões. 

Para escolher o objetivo de Conversões, é preciso instalar a tag do Pinterest para que a plataforma identifique as vendas geradas pelo anúncio.

Defina o orçamento e programação

Você pode definir um orçamento total ou diário para a campanha. O orçamento total tende a otimizar a performance dos anúncios, já que a plataforma utiliza inteligência automática para aproveitar melhor as oportunidades diárias. Mas pense também nos seus limites de orçamento para não prejudicar a saúde financeira da empresa.

Além disso, defina a programação de veiculação dos anúncios. Você pode optar por exibi-los continuamente ou com datas definidas. Essa escolha vai depender do conteúdo dos anúncios e da estratégia de campanha. Ao longo da veiculação, você também pode alterar essas definições.

Segmente o público da campanha

Chegou a hora de definir para quem a plataforma deve exibir os anúncios. Você pode:

  • Reconectar-se com usuários por meio do retargeting;
  • Encontrar novos clientes com comportamento semelhante ao seu público;
  • Definir uma segmentação própria com base em palavras-chave, interesses, dados demográficos, entre outros aspectos.

Lembre-se de escolher uma segmentação que atinja pessoas com interesse no que você tem a oferecer, com mais chances de se conectar com a sua marca. Conhecer a sua persona é fundamental para isso.

Crie e publique os anúncios

Por fim, você deve criar os anúncios da campanha. Para isso, é possível selecionar Pins já publicados, criar Pins para promover ou publicar um anúncio Idea.

Na hora de criar anúncios que envolvem tráfego ou conversões, é importante também informar a URL de destino. A página deve ter relação com o seu anúncio, ou seja, entregar o que você prometeu na campanha.

Você pode criar um grupo de anúncios para cada segmentação e orçamento dentro de uma campanha, e cada campanha pode ter vários grupos de anúncios. Depois disso, é só publicar e acompanhar os indicadores de performance.

Otimizando sua estratégia de Pinterest Ads

Para otimizar suas campanhas e anúncios, fique sempre de olho nas métricas de desempenho. O Gerenciador de Anúncios do Pinterest Ads tem uma seção de Insights, que informa dados de gastos, impressões, custo por clique (CPC) e custo por mil impressões (CPM).

Se o custo por clique estiver alto, por exemplo, vale a pena rever a segmentação do anúncio ou melhorar a sua qualidade, com ajustes na imagem, na copy ou até na página de destino, que deve ter relação direta com a publicidade.

Vale lembrar que as pessoas estão no Pinterest buscando inspirações nos Pins. Então, os anúncios que forem muito apelativos para a compra tendem a ser ignorados. Você tem mais chances de ganhar atenção e cliques se criar um anúncio relevante para o público, que esteja alinhado aos interesses dos usuários que a campanha atingir.

Além disso, nas campanhas focadas em cliques e conversões, você pode criar URLs com parâmetros UTM. Assim, você também pode monitorar os resultados das campanhas pelo Google Analytics e integrar com dados de outras estratégias de marketing.

FAQ: Perguntas frequentes sobre como anunciar no Pinterest Ads

Quanto custa anunciar no Pinterest Ads?

Não existe um custo fixo para anunciar no Pinterest Ads. Você pode definir o seu orçamento máximo, bem como os lances máximos (até quanto está disposto a pagar por clique, ação ou mil impressões).

Como medir o sucesso dos meus anúncios no Pinterest?

O Pinterest Ads oferece uma seção de Insights, que apresenta as métricas de desempenho das campanhas, como impressões, clique, CPM e CPC. Fique de olho nos indicadores para ajustar os anúncios e melhorar seus resultados.

Posso segmentar meu público-alvo no Pinterest Ads?

Sim, é possível segmentar o público-alvo no Pinterest Ads, por meio do remarketing, públicos semelhantes ou dados dos usuários (demográficos, interesses, palavras-chave etc.).

O Pinterest já é uma plataforma poderosa para o marketing digital, em que a sua marca pode fazer parte do lifestyle e das wishlists dos usuários. Com o Pinterest Ads, é possível potencializar os resultados da plataforma para o seu negócio, com maior alcance e segmentação. Experimente o Pinterest Ads para ver como funciona!

Agora, para aprofundar seus conhecimentos e alavancar sua estratégia de marketing no Pinterest, baixe o e-book gratuito Tudo sobre Pinterest para Empresas. Você vai conhecer todo o potencial dessa plataforma para negócios!